Com aproveitamento impecável na Arena Condá, Corinthians enfrenta Chapecoense

Na história, Timão jamais foi derrotado pela equipe catarinense, tanto dentro quanto fora de seus domínios

Com aproveitamento impecável na Arena Condá, Corinthians enfrenta Chapecoense
(Foto: Daniel Augusto Jr/Agência Corinthians)
Chapecoense
Corinthians
Chapecoense: Marcelo Boeck, Gimenez, Demerson, Thiego e Dener; Sérgio Manoel, Gil, Cleber Santana e Silvinho; Ananias e Bruno Rangel.
Corinthians: Cássio, Fagner, Balbuena, Pedro Henrique e Uendel; Bruno Henrique, Rodriguinho, Romero, Giovanni Augusto e Marquinhos Gabriel; Luciano.
ÁRBITRO: Ricardo Marques Ribeiro (MG-FIFA)
INCIDENCIAS: Partida válida pela 14ª rodada do Campeonato Brasileiro 2016, a ser disputada na Arena Condá, em Santa Catarina.

Apesar de ser o visitante na partida de o visitante na partida deste sábado (9), ás 16h30, o Corinthians tem um retrospecto favorável quando se trata de enfrentar a equipe da Chapecoense na Arena Condá. Desde o primeiro encontro entre as duas equipes em Santa Catarina, que aconteceu apenas em 2014, foram apenas duas partidas, mas ambas acabaram com vitória alvinegra. Em 2014, ainda sob o comando de Mano Menezes, o Timão saiu com a vitória por 1 a 0, e em 2015, já na campanha do hexa, com o técnico Tite, o placar da vitória foi mais amplo: 3x1 para a equipe visitante. 

Quando se trata de partidas em que Corinthians foi mandante, a história não é muito diferente, apesar de não contar só com vitórias. Em 2014, as duas equipes saíram com um empate, com um gol para cada lado; e, em 2015, o Timão terminou a partida em sua arena com a magra vitória por 1x0. De forma geral, a história favorece a equipe paulista que, hoje, precisa conquistar os 3 pontos na casa de seu adversário para seguir na cola do líder Palmeiras (e pode até mesmo assumir a primeira colocação, caso o alviverde paulista sofra uma derrota). 

Embalados por vitórias 

Vindo de três vitórias seguidas, sendo a última delas pelo significativo placar de 4x0 sobre o Flamengo, o técnico Cristóvão Borges manterá a mesma escalação que tem utilizado após as mudanças no esquema que eras utilizado por Tite. Com o bom desempenho, os paulistas seguem fortes na corrida pela liderança, que atualmente pertence ao arquirrival da capital paulista.

O segredo para a melhora no rendimento da equipe, segundo os próprios jogadores, é ver cada partida como uma final, tentando alcançar o nível de um jogo desta importância. "É uma final, como estamos encarando todos os jogos para conseguir os pontos. Sempre pensamos assim contra todos os rivais, respeitando, mas querendo fazer um bom jogo e vencer", afirmou o zagueiro paraguaio Balbuena

"Tem muitos rivais, né? Maioria está perto. Todos estão juntos lá em cima e isso fala muito da competitividade do torneio. Todos em nível ótimo e a gente quer manter assim e seguir crescendo. Sabemos que tivemos falhas e estamos trabalhando para corrigir e crescer o nível de competitividade. Trabalhando para melhorar" completou Pedro Henrique, ciente da dificuldade que envolve cada partida do Brasileirão.  

Apesar do retorno de Alexandre Pato, que já esta treinando no CT Joaquim Grava e se mostrou empolgado com a volta ao Timão, com fome de bola, Cristóvão se quer relacionou o atacante para a partida, já que o mesmo fez apenas dois jogos em sua rápida passagem pelo Chelsea-ING, perdendo o ritmo de jogo. Seguem também no departamento médico do Corinthians: André, Bruno Paulo, Camacho, Cristian, Elias e Vilson, todos por decorrência de lesões. Não há jogadores suspensos do lado alvinegro para a partida. 

Vencer para se reerguer 

Do lado da Chapecoense, um dos grandes objetivos do técnico Caio Júnior para a partida é, ao menos tentar arrumar a defesa da equipe catarinense, uma das mais vazadas do Brasileirão, e que ainda terá desfalques. Além de Marcelo e de Neném, que já estão fora há algum tempo por contusão, o treinador também não terá o meia Josimar, que levou o terceiro amarelo na última rodada e está suspenso. Seu substituto deve ser outro meia, Sérgio Manoel. Na zaga, Demerson ocupará o lugar de Rafael Lima, que está machucado. Mas nem só de desfalques vive a equipe de Caio Júnior: o lateral-direito Dener, já esta a disposição do técnico e participou normalmente do último treino. 

Mesmo com os muitos problemas para escalar o time que enfrentará o Corinthians, Bruno Rangel, artilheiro da equipe, acredita que a Chapecoense possa sim buscar a vitória diante do vice-líder, ainda mais jogando dentro de casa. Com um dos melhores ataques da competição, o jogador aposta na tentativa do técnico de manter o equilíbrio de rendimento entre o ataque e a defesa, que pode fazer com que o time volte a vencer e melhore seu desempenho na competição.  

“Eu acho que tem que agregar. Marcação forte e jogar. Até porque se você abdicar de um dos dois não vai chegar a lugar nenhum. Nossa equipe está precisando buscar o algo a mais dentro de casa, então temos que marcar forte e quando tiver a posse de bola precisamos jogar também" resumiu o atacante. 

Como já foi citado, a Chapecoense não poderá contar hoje com Josimar, que está suspenso, ou com Rafael Lima, Marcelo, Neném, Neto e Gimenez, todos machucados.