Cristóvão destaca importância do clássico com São Paulo: "É um grande momento"

Treinador vai disputar seu primeiro clássico como técnico do Corinthians. Cristóvão já tem o time definido, mas não disse quem vai à campo. André e Elias serão relacionados

Cristóvão destaca importância do clássico com São Paulo: "É um grande momento"
(Foto: Daniel Augusto Jr/Agência Corinthians)

O Corinthians teve uma semana de folga após a vitória contra a Chapecoense, sábado, na Arena Condá. Sem jogos no meio de semana, Cristóvão Borges deu inicio a preparação da equipe que enfrenta o São Paulo nesse domingo, em Itaquera. Em entrevista coletiva, após o treinamento desta sexta-feira, no CT Joaquim Grava, Cristóvão falou a respeito do clássico e da preparação da equipe.

"É um grande clássico, que mexe com todos nós. Ficamos muito mais atentos e motivados. Esse é o comportamento com todo mundo. É um grande momento. Bom a gente sentir que é bem possível que seja um grande jogo, são dois times de alto nível", analisou.

A semana de treinamento foi especial para um jogador: Alexandre Pato. Que treinou intensamente durante dois períodos e não teve folga – que aconteceu na segunda feira. Pato treinou muito bem durante toda a semana e foi destaque no treino desta sexta-feira. O técnico alvinegro aproveitou e confirmou a estreia do atacante.

"Está confirmado. Pato vai para o próximo jogo (Figueirense). De todos, ele é quem está há mais tempo sem treinamentos no campo. Só parte física. Temos de dar mais condição para ele jogar bem. No próximo jogo ele vai estar pronto", confirmou Cristóvão.

O técnico também comentou sobre a responsabilidade dele em usar Pato, que tem problemas com parte da torcida por conta do pênalti perdido de maneira displicente em 2013.

"Trabalhei em clubes com grandes estrelas, que estavam na história, jogadores polêmicos, tidos como difíceis, e nunca tive dificuldade. Lidei bem com todos, e continuo assim. Isso não é problema para mim. Essa maneira de tratar o jogador eu não devo mudar. Isso que me trouxe até aqui", disse.

Cristóvão Borges terá dois retornos para o clássico, Elias e André serão relacionados, mas devem ficar no banco de reservas. Giovanni Augusto é duvida.

"Estão treinando, estão bem, mas não devem começar jogando, não. Estão se recondicionando agora, o jogo tem exigência muito alta. Para começar jogando não é aconselhável", disse o treinador.

O comandante do Corinthians também analisou como será o clássico e espera muita dificuldade diante o Tricolor Paulista. E disse que já tem o time definido, mas não deu pistas de quem deve jogar.

"É um adversário perigosíssimo. Vem de eliminação, e a melhor oportunidade para se reerguer é num clássico. Não tem melhor oportunidade do que essa. Eles vão jogar muito nesse aspecto. Mais ainda, além da rivalidade, é uma equipe do tamanho do Corinthians. Será um adversário mais perigoso", afirmou.

"Tenho o time definido, mas por conta de algumas coisas, há jogadores que treinaram mais, outros que sentiram... Então fiz avaliações durante a semana. Vamos deixar para decidir a equipe amanhã (sábado)", escondendo a equipe que pega o São Paulo.

Se vencer o São Paulo e o Palmeiras tropeçar, o Corinthians pode assumir a liderança do Brasileirão, a diferença entre os rivais é de apenas um ponto. Cristóvão também falou a respeito da dificuldade do campeonato – o técnico busca conquistar seu primeiro título.

"Nossa posição é boa. O campeonato é muito disputado. Todos terão confrontos difíceis. É manter a regularidade, o campeonato é assim. Nos últimos jogos, conseguimos isso em termos de vitórias. Vamos olhar só para nós e continuar nosso trabalho”, encerrou.