Carille elogia atuação do Corinthians e confirma equipe para duelo da Copa do Brasil

Mesmo após derrota, treinador gostou de seu time e garantiu alvinegro com a mesma escalação para encarar Cruzeiro na Copa do Brasil

Carille elogia atuação do Corinthians e confirma equipe para duelo da Copa do Brasil
Foto: Daniel Augusto Jr/ Agência Corinthians

A fase corinthiana segue instável após mais uma derrota no Campeonato Brasileiro 2016. Atuando em casa novamente, o alvinegro foi derrotado pelo Fluminense com gol de Cícero no lance final. Essa foi a segunda derrota em sua Arena no torneio e no ano. Mas isso não parece ter abalado a confiança e o planejamento de Fábio Carille, técnico interino do Timão.

Após a partida, Carille, que ainda não tem o emprego garantido até o fim do ano, confirmou que utilizou a partida para preparar a equipe para o duelo contra o Cruzeiro, quarta-feira, novamente na Arena Corinthians, mas dessa vez pela Copa do Brasil. Além disso, elogiou a atuação alvinegra.

"Na minha opinião, fizemos hoje um jogo melhor do que o de quarta, com mais volume e o dobro de finalizações do adversário. Estamos trabalhando para melhorar o poder de fogo da equipe e fazer os gols em cima das oportunidades criadas."

Sobre a escalação de Romero, deixando o novo centroavante Gustavo de fora, Carille explicou e justificou que a impossibilidade de utilizar o camisa 9 - que já jogou pelo Criciúma - o fez usar o paraguaio no time.

"Optei pelo Romero porque gostei do jogo de quarta passada e para dar continuidade na Copa do Brasil, já que o Gustavo não pode jogar. A ideia é repetir a escalação. Nos últimos jogos melhoramos a triangulação. Acho que é por aí."

Mesmo com gol irregular, a derrota não fez Carille jogar a toalha e quer usar o gol levado como experiência para a Copa do Brasil, já que primeiro jogo é em casa e há a vantagem do gol qualificado.

"Parabenizei pela entrega e já comecei o trabalho na cabeça deles. É outro jogo, mata-mata, tem a importância de não tomar gol em casa. Não dá para ficar lamentando."

Agora o Timão tem mais um jogo em casa para tentar usar a força de sua torcida para abrir o máximo de vantagem possível na Copa do Brasil. Pelo Brasileiro, o alvinegro encara o Botafogo, sábado que vem no Rio de Janeiro.