Rodriguinho rebate declarações de Andrés Sanchez: “Nunca faltei”

O meio campista concedeu entrevista coletiva no CT Joaquim Grava para responder as declarações feitas pelo ex-presidente do Corinthians

Rodriguinho rebate declarações de Andrés Sanchez: “Nunca faltei”
Foto: (Daniel Augusto/ Ag. Corinthians/Divulgação)

Titular dentro dos campos, o meio campista Rodriguinho também foi escalado para entrevista coletiva desta sexta-feira no CT Joaquim Grava, desta vez para responder as declarações de Andrés Sanchez – ex-presidente do Corinthians. Em entrevista, Andrés Sanches disse que o Corinthians deveria contratar “meia dúzia, bandidos (jogadores) do bem” e ainda disse que Rodriguinho teria se apresentado no clube com ressaca.

O jogador de 28 anos está vivendo a sua melhor fase desde que foi contratado em setembro de 2013. Nesta temporada o atleta já marcou nove gols e vendo sendo um dos lideres do time. Bem humorado e demonstrando tranquilidade, Rodriguinho respondeu as perguntas dos jornalistas – a maioria sobre sua vida extracampo.

O Andrés é um cara que fala bem o que pensa, é espontâneo. Se for depois do título do ano passado, não era só eu que chegava de ressaca não (risos). Nunca cheguei atrasado a um treinamento, nunca faltei, nunca perdi um trabalho. Isso pode acontecer com qualquer um. Pode acontecer com vocês sempre (risos), deve ser uma loucura. Não vejo tanto problema nisso, sempre fiz meu trabalho", comentou o atleta.

O jogador traçou um paralelo com a atitude de um médico – amigo pessoal dele. Para Rodriguinho, cada um tem que ter ciência de suas responsabilidades e saber lidar com elas.

"Você tem de ter suas responsabilidades, não posso beber na concentração e jogar outro dia. Esses dias eu estava com um amigo médico, ele estava bebendo um dia à noite, e no dia seguinte ele tinha uma cirurgia. A responsabilidade dele era de fazer a cirurgia, mas ele achou normal, seria capaz, então sem problema. Se eu conseguir fazer meu trabalho, sem problema", analisou.

Perguntado sobre possíveis represálias por parte da torcida devido às declarações de Andrés, Rodriguinho foi cauteloso: “É exatamente essa a preocupação, de como as pessoas vão reagir. Alguns entendem, outros não. Estou aqui para falar que estou fazendo meu trabalho muito sério, visto essa camisa, honro e luto bastante. Nunca faltei a um treino, nem deixei de fazer qualquer trabalho. Dentro do campo, tento fazer o meu melhor para ajudar sempre meus companheiros", afirmou.

O jogador não falou apenas de sua vida pessoal, Rodriguinho também foi questionado sobre o clássico contra o Flamengo, queda na Copa do Brasil, racha político e o bom futebol apresentado por ele nesta temporada: "Primeiro temos de absorver o golpe, que foi duro. Estávamos confiantes e trabalhamos para acontecer a classificação, não aconteceu. Temos de virar a página e classificar o time para a Libertadores”, explicou.

É Flamengo, brigando pelo título, Maracanã lotado, mas estamos nos preparando para fazer um excelente jogo e trazer o resultado positivo. Temos de nos comportar de uma forma cautelosa e atenta para que não tenhamos surpresas no domingo. Temos de ter muito cuidado, muita luta, muita entrega em campo”, disse sobre o confronto desse domingo.

"É uma coisa bem particular deles, não afeta a gente em momento algum. Não tem muito a ver com nossa parte do futebol. Temos só de tentar melhorar o time”, falou sobre divergências na direção do clube.

"Estou vivendo um momento muito bom aqui no Corinthians, desde que cheguei é um dos melhores. Estou tentando assumir novas funções, conversar, orientar, me entregar um pouco mais”, afirmou. Perguntado se a cerveja seria liberada caso vençam o Flamengo no domingo, o meia brincou dizendo que sim e que ainda convidaria os jornalistas ali presentes.

O Corinthians viaja para Rio de Janeiro para enfrentar o vice-líder Flamengo, às 17h, no Maracanã. O Rubro Negro ainda não tinha jogado em seus domínios neste brasileiro. A procura por ingressos é alta e o estádio deverá estar lotado.