Torcida do Corinthians passa por revista da PM carioca após confronto entre torcedores e policiais

Em busca dos envolvidos, policiais fazem minuciosa busca e torcedores ficam no Maracanã por mais de 2h

Torcida do Corinthians passa por revista da PM carioca após confronto entre torcedores e policiais

O belo jogo entre Flamengo e Corinthians na reabertura do Maracanã para o Campeonato Brasileiro 2016 infelizmente ficou manchado também por confronto entre torcedores alvinegros e a Polícia Militar do Rio de Janeiro antes do início da partida. Alguns torcedores rubro-negros também participaram, tanto durante a briga quanto no decorrer do jogo, com objetos jogados no gramado.

A briga foi amplamente divulgada e começou após corinthianos tentarem invadir o setor destinado ao torcedor do Flamengo. Nesse instante, a polícia foi acionada, mas o baixo efetivo facilitou alguns vândalos alvinegros de espancarem alguns policiais. Spray de pimenta foi usado para conter o tumulto. Grades, cadeiras e divisórias foram quebradas e alguns torcedores do time paulista foram presos ainda antes do jogo.

Ao final da partida, o protocolo comum mudou. Se antes o torcedor visitante esperava o mandante se espalhar pela cidade, hoje, o GEPE (Grupamento Especial de Policiamento em Estádios) segurou os corinthianos na busca dos envolvidos com a confusão. Cerca de 3 mil torcedores foram revistados e sem camisa, no intuito de facilitar a busca dos policiais. Cerca de 40 pessoas foram presas e levadas de ônibus para a delegacia mais próxima. Esclarecimentos serão tomados e os indivíduos podem ser liberados depois.

Com a prisão em flagrante, o delegado pode determinar o artigo em que os torcedores serão enquadrados, desde formação de quadrilha à desacato. Outros dois torcedores do Flamengo foram identificados e mandados à delegacia também, mas por arremessar objetos no gramado.

A partida mais esperada da rodada terminou em 2 a 2 com emoções até o final. Pior para o time carioca, que agora se vê seis pontos atrás do líder do Palmeiras. O Timão ainda luta por uma vaga no G6. Na rodada seguinte, o alvinegro encara a Chapecoense em Itaquera, enquanto o Fla visita o Galo, no Horto.