Marquinhos Gabriel pede voto de confiança da torcida: "Vamos entrar no G-6 para não sair"

Meia, em entrevista coletiva, pediu apoio do torcedor para ajudar em busca do G-6; Timão encara Figueirense fora de casa e precisa demais da vitória

Marquinhos Gabriel pede voto de confiança da torcida: "Vamos entrar no G-6 para não sair"
(Foto: Daniel Augusto Jr/Agência Corinthians)

Faltam apenas quatro rodadas para o término do Campeonato Brasileiro 2016 e o Corinthians se vê pressionado em relação a vaga no G6 para classificar-se rumo a Libertadores 2017. Atualmente a equipe é a sétima colocada, com 50 pontos e enfrenta o Figueirense na próxima rodada.

O meia Marquinhos Gabriel, em entrevista coletiva nesta segunda-feira, deixou claro o sentimento de todo o time com relação a classificação e ao péssimo resultado diante do rival São Paulo, onde perdeu por 4 a 0, fora de casa.

"A pressão é diária no Corinthians. A cada dia ela é maior. Precisamos dessa vitória de qualquer maneira. O Oswaldo tem conversado muito conosco. Vamos para lá com o pensamento total nessa vitória."

Também o atleta pediu a ajuda do torcedor nessa caminhada final. Em casa o time ainda enfrenta o Internacional e o Atlético PR.

As coisas não aconteceram da maneira que a gente queria, mas precisamos dessa vaga. O torcedor tem de dar esse voto de confiança. O ano não foi tão bom quanto o passado, com título, mas vamos entrar no G-6 para não sair mais. Não podemos deixar escapar. São seis times classificados, e não podemos ficar fora desse grupo – disse.

Nesta terça-feira, o time fará seu último treino antes do jogo. O clube vê que dos próximos quatro jogos, se conseguirem três vitórias é o suficiente para a Copa Libertadores. A escalação provável para o jogo é: Walter, Léo Príncipe, Pedro Henrique, Léo Santos e Marciel (Guilherme Arana); Willians; Giovanni Augusto, Camacho, Rodriguinho e Marquinhos Gabriel; Lucca. São 5 pendurados (Lucca, Giovanni Augusto, Guilherme, Rodriguinho e Uendel) e 9 desfalques (Uendel, Guilherme, Vilson, Balbuena, Fagner, Romero, Yago, Danilo e Bruno Paulo). Uendel e Guilherme passaram por avaliação, mas não treinaram com o time. Estão praticamente fora.

Guilherme Arana pode retornar a equipe também, pois esteve com a equipe brasileira sub-20. Se estiver bem, irá para jogo. Marciel foi quem treinou na posição. Já Fágner, que está com a Seleção Brasileira, deve sair direto de Lima para Florianópolis, ficando no banco de reservas para o jogo.