Chance de revanche: após quase 10 anos, Corinthians pode contribuir com rebaixamento do Inter

Em 2007, a combinação dos resultados das duas equipes culminou na queda do Corinthians para a Série B; agora, uma vitória alvinegra pode ser a responsável pela queda do Internacional

Chance de revanche: após quase 10 anos, Corinthians pode contribuir com rebaixamento do Inter
Foto: Getty Images

'O mundo é pequeno e tem idas e voltas. Conversaremos sobre isso no futuro'. A declaração de Antônio Gebran, vice diretor de futebol do Corinthians em 2007, não poderia ter mais significado em pleno ano de 2016. Exatamente nove anos após a polêmica queda para a Série B, o Timão pode ter a chance de dar o 'troco' na equipe do Internacional. 

No fatídico ano da queda, o Corinthians chegou à 38ª rodada com chances de escapar do rebaixamento, mas depois de empatar em 1 a 1 com o Grêmio, no Olímpico, precisava de uma vitória do Internacional sobre o Goiás para permanecer na primeira divisão. 

Para o azar do alvinegro porém, a equipe gaúcha, que na época se encontrava na 11ª colocação, não teve forças para vencer o Esmeraldino em casa. Aos 12 minutos do segundo tempo, o Internacional acabou cedendo um pênalti à equipe goiana, convertido pelo meio-campista Élson. O gol selou a vitória do alviverde por 2 a 1, que decretou a queda do Timão. 

A grande polêmica em torno resultado obtido pelos Colorados se deu quando Felipe, na época goleiro do Corinthians, acusou, durante entrevista, jogadores do Internacional de terem entregue o jogo para ver os paulistas rebaixados.  

'Ficamos sabendo que três ou quatro jogadores do Inter queriam entregar o jogo. Eles não merecem vestir aquela camisa (a do Inter). Sabíamos que não poderíamos contar com eles. Mas o Corinthians não vai acabar por isso. Quem apanha nunca esquece e, quem sabe, lá na frente, vamos ter a oportunidade de dar o troco', afirmou o defensor.  

E Felipe não era o único a defender essa tese. No vestiário, dirigentes do clube também insinuaram favorecimento aos goianos, que pelo ponto conquistado, permaneceram na elite do futebol em seu lugar. 

Hoje, tantos anos após o acontecimento, as situações se inverteram. Com apenas 39 pontos e a três rodadas do fim do campeonato, o Inter é a primeira equipe na zona de rebaixamento, e briga com o Vitória, que tem apenas seu saldo de gols como vantagem, para não cair. 

O Corinthians por sua vez, com 51 pontos, ocupa a oitava colocação, e ainda tem vivas aspirações à sexta vaga para a próxima Libertadores. À sua frente, no cobiçado G-6, está o Atlético-PR, com um único ponto de vantagem. 

Uma vitória sobre os gaúchos nesta segunda-feira (21) vale mais do que simples três pontos. Além de tirar a vaga no campeonato continental dos atleticanos, de quebra, o Timão pode ser o responsável pela queda da equipe que supostamente o rebaixou em 2007.  

Essa possibilidade tem causado comoção de boa parte da torcida corinthiana nas redes sociais, que pedem raça a equipe para vingar o ano mais trágico da história do clube. 

A famosa máxima 'aqui se faz, aqui se paga' nunca pareceu ter tanto sentido no contexto do futebol. E para a Fiel Torcida, chegou a vez do Inter pagar.