Em Derby centenário, Palmeiras tenta quebrar invencibilidade do Corinthians no Brasileiro

Corinthians e Palmeiras voltar a se encontrar no ano do centenário do duelo; enquanto verdes não perdem em casa há um ano; alvinegros não são derrotados há 26 partidas

Em Derby centenário, Palmeiras tenta quebrar invencibilidade do Corinthians no Brasileiro
Foto: Daniel Augusto Jr/Agência Corinthians
Palmeiras
Corinthians
Palmeiras: Fernando Prass; Tchê Tchê, Mina, Luan e Juninho (Egídio); Thiago Santos, Bruno Henrique e Guerra; Dudu, Róger Guedes e Willian. Técnico: Cuca.
Corinthians: Cássio; Fágner, Balbuena, Pablo e Guilherme Arana; Gabriel, Maycon, Jadson, Rodriguinho e Romero; Jô. Técnico: Fábio Carille.
ÁRBITRO: Leandro Pedro Vuaden (RS), auxiliado por José Eduardo Calza (RS) e Maurício Coelho Silva Penna (RS)
INCIDENCIAS: Derby centenário válido pela 13ª rodada do Campeonato Brasileiro 2017, disputado a partir das 21h45 desta quarta-feira (12), no Allianz Parque

O Corinthians irá enfrentar o Palmeiras nesta quarta-feira (12), no estádio Allianz Parque, em duelo válido pela 13ª rodada do Campeonato Brasileiro. Esse será o segundo jogo no ano entre as equipes, que comemoram nesta temporada o ano centenário do primeiro duelo entre os clubes.

Este será o primeiro jogo no ano de projeção nacional entre as equipes. O jogo de volta será disputado na Arena Corinthians, em Itaquera, e fechará o ano comemorativo entre os clubes. No primeiro duelo, válido pelo Campeonato Paulista, o Timão se deu melhor e bateu o seu maior rival pelo placar mínimo de 1 a 0.

O Timão é o líder isolado da competição com 32 pontos ganhos. Realizando uma campanha intocável, o Corinthians se mantém como o único invicto do campeonato, com um repertório de 10 vitórias e apenas dois empates. Até agora, a equipe do técnico Fábio Carille marcou 21 gols, e sofreu apenas cinco.

Já o Palmeiras ocupa a quinta colocação, com 19 pontos ganhos e, habita apenas a zona de classificação para a Copa Libertadores da América. A equipe do técnico Cuca até o momento marcou 16 gols, e sofreu 12.

Invicto em clássicos, Corinthians revê o seu maior rival

O Corinthians encerrou na tarde desta terça-feira (11) a preparação para o clássico contra o Palmeiras. Defendendo uma invencibilidade de 26 partidas, o técnico Fábio Carille terá força máxima a disposição para enfrentar o arquirrival fora de casa. 

Desta vez, o jogo terá outras ambições para a equipe corinthiana. O Timão é o líder da competição e vai encarar a difícil missão de bater o Palmeiras em seus domínios. Caso venha a vencer este jogo, o Corinthians irá abrir 15 pontos de diferença para o rival e dispara ainda mais rumo ao título do Brasileirão, embora falte dois terços da competição nacional a serem disputados.

O técnico Fábio Carille tem todos os seus jogadores à disposição. Fagner, que desfalcou a equipe na última rodada contra a Ponte Preta, volta de suspensão e assume a lateral direita no lugar do jovem Léo Príncipe. O atacante Clayton foi cortado da lista de relacionados por opção técnica. Em entrevista coletiva, o comandante do Timão descartou favoritismo, ressaltou as qualidades do time verde e destacou a amplitude da distância entre os dois clubes caso aconteça uma vitória alvinegra.

"Pelos últimos resultados, o Palmeiras pode vir jogando no erro. O Cuca costuma armar suas equipes de acordo com o adversário. Estamos preparados para o que der e vier do lado do Palmeiras. Fica mais difícil, mas ainda tem muita coisa para acontecer. Ainda vão ter mais de 60 pontos em disputa, é muita coisa. É claro que fica difícil para eles, são seis, sete jogos para tirar a diferença. Mas o campeonato vai começar a se decidir faltando dez rodadas", disse Carille.

Cuca tem volta de jogadores e mira arrancada

O Palmeiras mira uma arrancada inédita e, ainda sonha com o título do Campeonato Brasileiro. Com a volta de jogadores importantes que desfalcaram a equipe nos jogos passados, a equipe do técnico Cuca contará com quase força máxima para o clássico desta quarta-feira (12).

Nomes como Felipe Melo, Guerra e Borja voltam a figurar entre o relacionados para a partida. O volante ficou um mês afastado por conta de uma lesão muscular e uma fratura na mão. Já o venezuelano desfalcou a equipes nos dois últimos jogos porque estava acompanhando a recuperação de seu filho, que sofreu um acidente domestico. 

Por fim, o colombiano Borja volta após desfalcar a equipe contra o Cruzeiro. O atleta teve um desconforto estomacal. O técnico Cuca ainda não poderá contar com os meias Moisés e Arouca, além do zagueiro Thiago Martins. Todos se recuperam de lesão.

Em coletiva, o volante Tchê Tchê destacou que, mesmo com as invencibilidades dos dois arquirrivais, o Porco vai com tudo para conquistar uma vitória importante e voltar a vencer, além de destacar a singularidade do Derby.

"Eles têm a invencibilidade deles, nós a nossa. Vamos entrar em campo não pensando que estamos há tantos jogos sem perder em casa. Vai ser uma guerra para o adversário, independentemente de ser o clássico. Quem jogar contra a gente lá vai precisar deixar o coração lá dentro para nos vencer. É um jogo à parte. Sempre é falado que é decidido em detalhes. Quem estiver com a cabeça melhor vai vencer. É um jogo diferente. Quem vencer vai sair com moral elevado, o outro vai ter turbulência. Sabemos que eles vivem um grande momento, mas jogamos dentro de casa", afirmou.

Sport Club Corinthians Paulista