Corinthians e Atlético-PR fazem jogo bastante disputado e empatam na Arena

Furacão abriu placar, Jô virou, mas Otávio arrancou ponto muito importante em Itaquera

Corinthians e Atlético-PR fazem jogo bastante disputado e empatam na Arena
Foto: Alexandre Schneider/Getty Images
Corinthians
2 2
Atlético-PR
Corinthians: Cássio; Fagner, Balbuena, Pedro Henrique e Moisés; Gabriel, Maycon, Jadson, Marquinhos Gabriel (Pedrinho, min. 75) e Romero (Clayson, min. 86); Jô. Técnico: Fábio Carille.
Atlético-PR: Weverton; Jonathan, Paulo André, Wanderson e Sidcley; Otávio, Eduardo Henrique, Gustavo Cascardo (Nikão, min. 58) e Lucho González (Eduardo da Silva, min. 73); Pablo e Douglas Coutinho. Técnico: Kelly.
Placar: 0-1, Jonathan, min. 38. 1-1, Jô, min. 45. 2-1, Jô, min. 50. 2-2, Otávio, min. 81.
ÁRBITRO: Sandro Meira Ricci (FIFA/SC), auxiliado por Emerson Augusto de Carvalho (FIFA/SP) e Marcelo Carvalho van Gasse (FIFA/SP)
INCIDENCIAS: Confronto válido pela 14ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série A 2017, disputado na noite deste sábado (15), na Arena Corinthians

O Corinthians não sofria gols há sete rodadas. O goleiro Cássio mantinha 674 minutos sem ser vazado. A Arena estava lotada com mais de 40 mil torcedores à espera de três pontos alvinegros. Mas o Atlético-PR foi valente, brigador e buscou um ponto importante na abertura da 14ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série A 2017.

Jonathan abriu o placar com um golaço, empatou e virou, mas Otávio igualou o marcador mais uma vez na reta final da partida e o empate em 2 a 2 foi o placar do jogo, realizado na noite deste sábado (15). Com o resultado, o Timão segue na primeira posição com 36 pontos somados, enquanto o Furacão subiu temporariamente para o 13º posto, com 16 pontos.

A próxima rodada será realizada neste meio de semana. O Corinthians irá medir forças contra o Avaí às 21 horas da quarta-feira (19), no Estádio da Ressacada, em Florianópolis/SC. Por sua vez, o Atlético-PR recebe o Botafogo às 21 horas da quinta-feira (20), na Arena da Baixada, em Curitiba/PR.

Foto: Alexandre Schneider|Getty Images
Foto: Alexandre Schneider|Getty Images

Furacão sai na frente, mas Timão busca empate

O primeiro tempo foi movimentado. O Atlético-PR preferiu reforçar o setor defensivo e, para não sofrer pressão alvinegra no início de jogo, tocava a bola constantemente. O Corinthians, sem encontrar espaços, resolveu arriscar de longe. Primeiro, Moisés cruzou da esquerda, Jô desviou de cabeça e Weverton se enrolou com a bola. Depois foi a vez de Marquinhos Gabriel arriscar da intermediária. Fraco, o arqueiro rubro-negro defendeu fácil.

Os paranaenses encontravam a mesma dificuldade e apostaram na mesma estratégia, mas também erravam na pontaria. A ausência de Guilherme Arana era sentida, uma vez que os alvinegros erravam mais passes e cruzamentos que o habitual. Mas, aos poucos, o time voltava a exercer domínio no jogo. Na primeira tentativa, Marquinhos Gabriel bateu de fora da área e Weverton se esticou para defender. Em seguida, foi a vez de Jadson mandar de longe para o goleiro do Furacão defender mais uma vez.

Depois de tanto arriscar e falhar nas tentativas, o Atlético-PR conseguiu abrir o marcador e acabar com a escrita do goleiro Cássio, que não sofria gol há sete rodadas. Em bela jogada individual, Jonathan dominou na direita, passou por Moisés, Maycon, Gabriel e Pedro Henrique e finalizou na saída de Cássio para marcar um golaço.

A dúvida era saber como o Corinthians iria reagir após sair atrás no marcador pela primeira vez no Brasileiro e sofrer um gol após 674 minutos. A reação foi rápida. Aos 45, Moisés recebeu na esquerda depois de uma boa troca de passes e cruzou forte. apareceu sozinho na segunda trave para empurrar a bola e igualar o placar.

Foto: Alexandre Schneider|Getty Images
Foto: Alexandre Schneider|Getty Images

Jô vira, mas Atlético-PR iguala no fim

No segundo tempo, o Timão resolveu sufocar para buscar a virada e não desperdiçar a oportunidade de levar três pontos. E a estratégia logo deu certo. Aos cinco minutos, Jadson tocou para , que acionou Maycon. O volante foi até a linha de fundo e cruzou para o desvio do centroavante e a virada do Corinthians.

Depois do gol da virada, o jogo ficou aberto. O Corinthians buscava os espaços deixados pela defesa atleticana para emplacar mais um gol e ter tranquilidade no decorrer da partida, mas o Atlético-PR não se dava por vencido e ia ao ataque em busca do empate. O Timão chegou primeiro com Fagner. O lateral-direito arrancou, tabelou com Jô e chutou por cima da meta. A resposta do Furacão veio na jogada seguinte. Em confusão dentro da área, Douglas Coutinho ficou com a sobra e mandou por cima do gol defendido por Cássio.

O Furacão tentou buscar o empate e para conseguir superar a marcação, resolveu voltar a arriscar de fora da área. Aos 36 minutos, o time foi bem-sucedido. Otávio chutou de fora da área, mas a bola desviou em Balbuena e entrou no canto esquerdo de Cássio. O jogo ficou ainda mais movimentado e perigoso para ambos os times. O Corinthians chegou duas vezes consecutiva e não balançou as redes por pouco. Jô disparou entre os zagueiros e chutou. A bola bateu em Weverton e, no rebote, o centroavante chutou em frente ao gol. Em seguida, Pedrinho se antecipou ao cruzamento de Fagner e a bola passou muito perto da meta. O Corinthians pressionou, colocou todo o time no ataque, teve chances mas não conseguiu sair com os três pontos.