Sem Arana, Corinthians inicia disputa por vaga nas quartas da Sul-Americana contra Racing

A equipe paulista enfrentará os argentinos pelas oitavas de final da Copa Sul-Americana

Sem Arana, Corinthians inicia disputa por vaga nas quartas da Sul-Americana contra Racing
Foto: Divulgação / Corinthians
Corinthians
Racing
Corinthians: Provável escalação: Cássio, Fagner, Balbuena, Pablo e Marciel; Gabriel e Maycon; Jadson, Rodriguinho e Romero; Jô.
Racing: Provável escalação: Musso; Solari, Vittor, Barbieri, Orban e Soto; Zaracho, Arévalo Rios e Pulpo; Triverio e Lizandro López.
ÁRBITRO: Eber Aquino (PAR)
INCIDENCIAS: Partida valida pelas oitavas de final da Copa Sul-Americana

Na noite desta quarta-feira(13), as arquibancadas da Arena Corinthians irão tremer, já que a equipe da casa receberá o Racing (ARG), pelas oitavas de final da Copa Sul-Americana.

Para chegar as oitavas de final, o Timão venceu na primeira fase o Universidad do Chile, em casa, pelo placar de 2 a 0 na partida de ida, e venceu a partida de volta, pelo placar de 2 a 1.

Na segunda fase, a equipe de Carille, enfrentou o Patriotas (COL), empatou a partida de ida, na casa do adversário em 1 a 1, e venceu a segunda partida por 2 a 0.

Já o adversário, Racing, pela primeira fase, venceu o Rionegro Águilas (COL) por 1 a 0 a primeira partida e empatou a segunda em 1 a 1. Já na segunda fase, enfrentou o Independiente Medellín (COL) e venceu por 3 a 1 e 3 a 2 respectivamente.

Corinthians se prepara sem Arana

A equipe Corinthiana começou os treinamentos para encarar a equipe argentina, na manhã de segunda-feira(11), e uma surpresa para os fiéis torcedores, Pedrinho se reapresentou para treinar. O atleta tinha passado por uma cirurgia de garganta e por isso estava afastado dos gramados. Portanto, Pedrinho pode ser relacionado para a partida.

Uma baixa na equipe, é Clayson. O jogador está fora da Competição Sul-Americana, uma vez que já havia disputado a Copa esse ano, enquanto ainda defendia a camisa da Ponte Preta e jogou as partidas contra Gimnasia de La Plata.

Arana também não irá a campo nesta terça-feira, o lateral voltou a sentir dores na coxa e o departamento médico do alvinegro possivelmente vai liberar o jogador somente para a partida contra o Vasco, pelo Brasileirão.

Porém, Fábio Carille disse ir com força máxima para o duelo desta quarta-feira, não vai priorizar Brasileirão ou Copa Sul-Americana, e pretende começar os primeiros 45 minutos com a equipe titular.

Os ingressos para a partida já estão à venda a mais de uma semana, porém há baixa procura. A estimativa de público na Arena era de 35 mil pessoas, porém até o último balanço feito, só haviam sido vendidos 19 mil entradas. A má fase no Brasileirão (3 derrotas em 4 partidas), pode ter sido o motivo desta baixa demanda.

Racing vem apostando na defesa

A equipe Argentina vem para fazer história em solo brasileiro, uma vez que de 15 partidas disputadas em solo Tupiniquim, os hermanos venceram somente duas. Uma justamente contra o Corinthians, no ano de 1998 pela Copa Mercosul, e outra contra o Santos em 1969 pela Recopa Sul-Americana. Portanto a equipe de Avellaneda tenta a terceira vitória aqui. Para isso o comandante, Diego Cocca, apostou na formação 5-3-2, com três zagueiros e dois laterais.

O Racing vem passando por um momento de transição, já que no último mercado de transferência, a equipe sofreu 21 saídas e 13 chegadas Marcos Acuña e Gustavo Bou foram alguma das baixas da equipe Argentina. Outra baixa, foi a de Óscar Romero, irmão do atleta Corinthiano Angel Romero. Por outro lado, a equipe foi reforçada por Arévalo Rios. O volante uruguaio é bastante experiente e tende a ser peça chave do Racing. Outros nomes novos são Lucas Órban e Andrés Ibarguen.

Vale lembrar que o Racing empatou em 1 a 1 com o San Lorenzo na primeira rodada da Superliga argentina e venceu o Temperley por 4 a 1 e se encontra na quarta posição do campeonato. Atrás somente de Vélez, River Plate e Boca Juniors, que somaram os 6 pontos possíveis até o momento.