Depois de gol irregular, Jô se defende "Se tivesse sentido tocar no braço, teria falado"

Após fazer o único gol do jogo ante o Vasco, com toque de mão, o atacante se defendeu das cobranças por fair play e disse não ter sentido que a bola encostou

Depois de gol irregular, Jô se defende "Se tivesse sentido tocar no braço, teria falado"
Daniel Augusto Jr/ Agência Corinthians

O Corinthians bateu o Vasco por 1 a 0, na Arena Corinthians, na tarde deste domingo (17), e aumentou a vantagem na liderança da competição. O atacante , que marcou o gol corinthiano com o braço se defendeu das cobranças por fair play que recebeu logo após o término da partida, na saída para os vestiários. 

"Eu me joguei na bola, não deu para ver. Não sei se a bola ia entrar, eu me joguei, agora não sei onde bateu. Se vocês da imprensa pararam, tiveram que analisar, o juiz não tem tempo para isso. Se eu tivesse convicção (do toque no braço), eu ia falar. Eu me joguei, tanto que fui parar dentro gol. Então não tinha como falar. Eu me joguei, aí o árbitro vai interpretar se foi mão ou não. Ele deu o gol, então não foi", afirmou o atacante.

O polêmico gol de Jô tomou proporções ainda maiores, porque justamente foi com ele o lance em que o zagueiro Rodrigo Caio, do São Paulo, teve uma atitude de fair play durante a primeira partida da semifinal do Campeonato Paulista deste ano. Na ocasião árbitro Luiz Flávio de Oliveira marcou uma falta do atacante do Corinthians sobre o goleiro do São Paulo, Renan Ribeiro, e deu a ele um cartão amarelo, que o suspenderia do jogo de volta. Mas o zagueiro rival se acusou de ter pisado ele mesmo no companheiro de time, anulando o cartão para Jô.

Já nos vestiários, o técnico Fábio Carille comentou sobre o lance e também sobre as atitudes do seu jogador. "Existe honestidade no esporte e, para a melhoria do futebol, isso tem que existir cada vez mais. Tem muita gente em dúvida. Vi gente balançando a cabeça dizendo que a bola já estava dentro, vi gente achando que a bola não tinha entrado. Olha a dúvida que existe no lance. Como o Jô poderia saber se a bola estava dentro? Tem lances e tem lances, daqui do banco, naquele pênalti contra o Botafogo do Arana fora da área, se tivesse visto, eu teria falado. São lances difíceis", explicou o comandante corinthiano.

Com a vitória, o Corinthians abriu 10 pontos de diferença para o Grêmio, segundo colocado da competição, e 12 pontos de diferença para o Santos terceiro colocado. Ambos os times perderam nesta rodada, e ajudaram o Corinthians a disparar na tabela de classificação. O proxímo desafio da equipe de Fábio Carille será contra o São Paulo, em clássico que será disputado no próximo domingo (24), no Morumbi.

Sport Club Corinthians Paulista