Andrés Sanchez é reeleito o novo presidente do Corinthians

Sanchez chegou a ser encurralado no banheiro pela multidão que se opunha à sua candidatura, sendo necessário a escolta de seguranças e apoio da polícia

Andrés Sanchez é reeleito o novo presidente do Corinthians
Dirigente vai para o seu segundo mandato após sete anos longe da presidência (Foto: Eduardo Anizelli/Getty Images)

Depois de sete anos longe, Andrés Sanchez retorna à presidência do Corinthians. A eleição ocorreu na tarde deste sábado (3), no Parque São Jorge, na zona leste de São Paulo, contando com a presença de cerca de 3642 sócios que votaram nos cinco candidatos à presidência.

Após o anúncio oficial da votação, no qual Andrés era anunciado oficialmente no ginásio do clube com cerca de 33,9% (1235 votos) dos votos, um grupo de sócios se mostrou descontente com a nomeação e iniciaram um quebra-quebra, lançando copos além de tentarem agredir o presidente.

Sanchez chegou a ser encurralado no banheiro feminino do ginásio até que seus seguranças controlassem a multidão que cantavam "Andrés, aqui não tem burguês!" demonstrando claro descontentamento com as promessas feitas pelo dirigente durante a sua campanha.

Quando foi escoltado até a saída do local, outros torcedores marcaram presença na faxada do clube. O policiamento reforçado foi necessário para evitar uma possível invasão dos descontentes.

Na apuração dos votos, Andrés desbancou outros quatro candidatos, sendo eles: Paulo Garcia (22,9%), Antônio Roque Cittadini (22%), Felipe Ezabella (12,6%) e Romeu Tuma Júnior (7,6%), além dos votos brancos e nulos que chegaram a marca de 0,8%.