'Algoz' no ano passado, Corinthians reencontra Santo André no ABC paulista

Ramalhão foi uma das únicas equipes a vencer o quase imbatível Timão no primeiro semestre de 2017

'Algoz' no ano passado, Corinthians reencontra Santo André no ABC paulista
Foto: Daniel Augusto Jr/Agência Corinthians
Santo André
Corinthians
Santo André: Neneca; Jonathan Bocão, Domingos, Suéliton, Paulinho; Dudu Vieira, Tinga, Flávio, Walterson; Lincom, Joãozinho.
Corinthians : Cássio; Fagner, Balbuena, Pedro Henrique e Juninho Capixaba; Gabriel, Romero, Rodriguinho, Jadson e Clayson; Júnior Dutra.
ÁRBITRO: Salim Fende Chavez.
INCIDENCIAS: Partida válida pela sexta rodada do Campeonato Paulista 2018. Realizada no Estádio Bruno José Daniel, em Santo André, São Paulo.

Apenas uma equipe em toda América do Sul foi capaz de derrotar o Corinthians em sua casa nos primeiros oito meses de 2017. O Santo André, que voltou a disputar o Campeonato Paulista justamente no ano anterior, reencontra o Timão na noite desta sexta-feira (9) pela sexta rodada da competição, mas desta vez como mandante, no Estádio Bruno José Daniel

Terceiro colocado no Grupo B com quatro pontos ganhos, o Santo André é desde a rodada passada a única equipe da competição que ainda não venceu. O clube do ABC foi derrotado pelo Palmeiras na estreia no Allianz Parque, depois disso, uniu quatro empates em sequência diante de Red Bull Brasil, Ituano, Mirassol e São Bento. Ainda buscando a equipe ideal após a chegada de diversas contratações no início do ano, Sérgio Soares deve contar com o apoio massivo de sua torcida, que já adquiriu mais de metade dos ingressos postos a venda com antecedência. 

+Cássio Futebol Clube: o relato de um encontro especial entre fã e ídolo

Kazim no banco: Júnior Dutra deve permanecer como centroavante titular do Timão

Se o Ramalhão somente empatou após o pontapé inicial do Paulistão, o Corinthians por sua vez apenas venceu. A equipe alvi-negra é líder do Grupo A com 12 pontos ganhos, após vencer respectivamente o São Caetano, Ferroviária, São Paulo e Novorizontino. Neste período, nove gols foram anotados pela equipe de Fábio Carille, e apenas um foi sofrido. 

O meio-campo corinthiano deve ter alguns desfalques nas próximas semanas. Maycon e Giovanni Augusto acertam suas saídas do clube: o primeiro em definitivo para a o futebol ucraniano, mais precisamente para o Shakhtar Donetsk; o segundo emprestado ao Vasco.

Após estreia, Tinga avalia sua condição para as próximas rodadas

Ex-Palmeiras e Joinville, o meio-campista Tinga foi uma das grandes contratações do Santo André para 2018. Contudo, o jogador vestiu pela primeira vez o manto andreense apenas na rodada passada em Sorocaba diante do São Bento, quando atuou por quase toda a partida: "Estou trabalhando muito forte ao lado dos meus companheiros e não via a hora de entrar em campo. Foi uma estreia boa, me senti bem, mas tenho consciência de que o entrosamento vem com o tempo e a cada jogo devemos evoluir", disse o jogador.

Volante em quase todas as equipes em que atuou, o jogador vestiu a camisa 10 do Ramalhão, atuando mais na armação das jogadas. Entretanto, Tinga evitou citar alguma preferência em onde quer atuar com Sérgio Soares: "Procuro sempre estar a disposição do treinador, estou aqui para ajudar. Sendo como armador ou mais atrás eu espero cumprir o que o Sérgio me determinar e colaborar com os resultados positivos", finalizou.

Novamente titular, Júnior Dutra reencontra 'antiga casa'

Destaque do Avaí no Campeonato Brasileiro no ano passado, Júnior Dutra chegou sem muita expectativa para o Corinthians neste ano. Sob olhar de desconfiança da torcida, o jogador veio para ser o substituto do ídolo , que se transferiu para o futebol japonês. 

Aos 29 anos de idade com um gol marcado neste Paulistão, o atacante irá enfrentar pela primeira vez a equipe que o revelou: “Tenho um respeito e carinho muito grande pelo Santo André. Foi meu primeiro time como profissional e lá consegui ter uma projeção nacional atuando em competições importantes como o Paulistão e a Série A. Aprendi muito, o elenco tinha jogadores experientes e pude evoluir para chegar mais maduro posteriormente ao futebol japonês”, disse o jogador.

+Andrés concede coletiva no Corinthians e reafirma prioridade em quitar dívida da Arena

 

Júnior Dutra atuou pelo Ramalhão entre 2008 e 2009, onde marcou 21 gols

Ganhando aos poucos seu espaço na equipe titular de Carille, Júnior projetou seu futuro no Timão: “É o maior do futebol brasileiro. Estou me adaptando muito bem, até porque temos uma estrutura espetacular e o time é muito bom, rápido, de toque de bola e que encaixa bem com o meu jogo. Venho conquistando o meu espaço e a torcida tem me apoiado bastante. Quero escrever uma bonita história nesse time que estou realizando o sonho de defender”, concluiu.