Wilson desabafa pela pouca efetividade do Coritiba: "Não aproveita lá na frente, erra atrás"

Defensor avalia ter faltado confiança para o time alviverde carimbar o resultado e deixar o temível Z-4

Wilson desabafa pela pouca efetividade do Coritiba: "Não aproveita lá na frente, erra atrás"
Wilson avalia ter faltado confiança para o Coritiba sagrar-se vencedor diante do Vitória (Foto:Divulgação/Coritiba)

Pela décima oitava rodada do Campeonato Brasileiro, o Coritiba foi até a Bahia para uma disputa direta por posição diante do Vitória.  E, contando com um placar um tanto emblemático, o coxa branca mais uma vez foi surpreendido fora de seus domínios.

O clima prometia ser quente no estádio Joia da Princesa, afinal um significativo afastamento do rebaixamento estava em jogo e, foi desta maneira que aconteceu, quando, mesmo contando com um primeiro tempo sem efetividadade alguma, na segunda etapa ambos os times voltaram a campo determinados a vencer.

Prova disso foi quando, aos dois minutos da segunda etapa, o coxa saiu na frente com o meia Raphael Veiga, não conseguiu segurar a pressão exercida pelos mandantes e acabou por levar o revés de 3 a 1 no certame, com um gol contra de Juninho e dois outros belos tentos de Kieza e Marinho.

Com o término da partida, Wilson lamentou a falta de efetividade do coxa no decorrer do jogo e seu declínio na tabela. Atleta ainda, para complementar, disse estar convicto que os erros cometidos no ataque fizeram com que a defesa se desinstabilizasse e levasse o revés.

"Foi como nas outras (partidas), mais uma vez a gente deixa escapar. A gente tem a chance de definir a partida, não define e aí na infelicidade conseguiram o empate. Os jogadores (do Vitória) que entraram no segundo tempo acabaram conseguindo a virada. Mais uma vez a gente não aproveita lá na frente, erra lá atrás e acaba culminando com mais uma derrota", afirmou.

Com mais esse resultado negativo, o Coritiba segue na zona da degola na 17° posição, com apenas 18 pontos ganhos. Equipe apenas venceu uma partida fora do Couto Pereira em todo seu primeiro turno e vive uma situação nada agradável no Brasileiro. Segundo o defensor alviverde, o momento é delicado, mas não há desânimo algum dentro do vestiário.

"Acredito que não desanime, mas acho que pelo momento que (o time) está alguns acabam perdendo um pouco da confiança. Os jogadores deles que entraram mudaram a partida e definiram a favor deles."

Para a próxima partida, a receita é manter a calma, treinar bastante, para que assim, possam se reinstabizar na tabela. Pela 19° rodada, a última deste primeiro turno, o Coritiba recebe a Ponte Preta, neste domingo(7), às 16h, em busca de uma fuga rápida do rebaixamento.