Visando distanciar do Z-4, Coritiba recebe motivado Santos no Couto Pereira

Enquanto equipe paranaense quer sair das últimas colocações e se distanciar do Z-4, Peixe almeja continuar na caça ao líder Palmeiras

Visando distanciar do Z-4, Coritiba recebe motivado Santos no Couto Pereira
Foto: Divulgação/Flickr Santos F.C
Coritiba
Santos
Coritiba: Wilson, Dodô, Luccas Claro, Juninho e César Benítez; Edinho, João Paulo e Juan; Raphael Veiga, Kleber (Evandro) e Neto Berola
Santos: Vanderlei; Victor Ferraz, Luiz Felipe, Gustavo Henrique e Caju; Renato, Léo Cittadini e Lucas Lima; Vitor Bueno, Copete e Ricardo Oliveira

Neste domingo (21), Santos e Coritiba se enfrentam pela 21ª rodada do Campeonato Brasileiro 2016, no Couto Pereira, em Curitiba. A partida que coloca frente a frente dois times que vivem situações bem diferentes. Enquanto os paranaenses estão na luta para fugir das últimas colocações, os paulistas querem se manter na briga pela liderança com o Palmeiras.

O time da casa, que tem contado e muito com o seu estádio na luta contra a degola, espera conseguir mais três pontos nessa rodada, já que Figueirense e Cruzeiro, outros dois times que estão próximos na tabela, se enfrentam e podem acabar tirando pontos uns dos outros.

Bola parada do Coritiba é a principal arma para superar defesa do Santos 

O Coritiba conta com a bola parada do meia Juan e os gols de Kléber, que é dúvida pro jogo, para conseguir romper o sistema defensivo do Santos, que sofreu apenas 17 gols no Campeonato. Ausência já confirmada no setor ofensivo do Coxa-Branca é a do turco Kazim, que está no departamento médico.

Outras baixas da equipe são o volante Alan Santos, os laterais Carlinhos e Emerson Conceição e dos meias Ruy e César Gonzáles e na zaga Wallison Maia também não irá a campo neste duelo. Justamente essa dificuldade em montar o time é que tem preocupado o técnico Paulo César Carpergiani que vê o elenco ficar curto em termos de escolhas para escalar a equipe.

"Temos algumas coisas que temos melhorar muito aqui. O departamento médico me chamou a atenção, vou atrasar o treino em função disso que está acontecendo. Eu quero sentar, esclarecer e falar com esse meu pessoal. Eu necessito ter os jogadores à disposição, isso seria o ideal. Estou tendo dificuldades, estou com o elenco muito restrito por esses problemas", disse, em coletiva à imprensa.

"Eu falar de reforços agora seria muito prematuro e ingênuo. Tenho excelentes jogadores que estão em recuperação e que são as soluções. De nada adianta eu pedir à direção (reforços) se eu tenho jogadores que estão em tratamento e têm vários em totais condições de serem titulares. Essa é a minha preocupação. Mas independente de quem eu tenha, eu estou satisfeito e vou tratar de escalar aquilo que eu acho", colocou.

Santos contará os retornos de Lucas Lima e Vanderlei

Já no Santos, é muito comemorado o retorno de Lucas Lima, que volta ao time após passar por um processo de recondicionamento físico antes de voltar a equipe titular. O Alvinegro Praiano conta com o retorno do meia para continuar nas primeiras colocações da competição.

O técnico Dorival Júnior falou sobre a volta do meia ao time titular e o processo que o jogador passou para voltar a equipe.

"Lucas Lima é o titular da equipe. Ele passou por processo de recondicionamento físico, teve problemas para sustentar o nível de atuação. Restabelecido, é natural que volte (ao time). Eu o sinto mais preparado e focado do que em um primeiro momento porque a sequência de lesões complicou demais. Está completamente preparado e agora é questão de desenvolvimento nos jogos. Tendência é de crescimento agora", disse o treinador em coletiva de imprensa nessa sexta-feira, no CT Rei Pelé.

Outro que falou sobre a partida é o goleiro Vanderlei que irá se encontrar com seu time e cobrou que a equipe aproveite as oportunidades diante do Coxa.

"Quem entra tem que atuar bem, assim como aconteceu com o Vladimir, que fez uma grande partida. Estou feliz por voltar e estou focado nesta rodada. Nosso time vem jogando bem e tem conseguido bons resultados fora de casa. Temos que manter isso em Curitiba. Devemos seguir concentrados, marcando bem e aproveitar as oportunidades para matar o jogo. Se quisermos a liderança, precisamos vencer fora de casa", disse Vanderlei.