Carpegiani exalta virada do Coritiba diante do Santos e afirma: "Esse é o time que eu quero"

Em uma virada espetacular conquistada na etapa complementar com direito a uma pintura de Iago no final, Coxa venceu e se garantiu a dois pontos fora do Z-4

Carpegiani exalta virada do Coritiba diante do Santos e afirma: "Esse é o time que eu quero"
Carpegiani elogia seus comandados em virada diante do Santos (Foto: Divulgação/Coritiba)

O Coritiba em sua terceira partida cosecutiva com Carpegiani, venceu o Santos, por 2 a 1, e convenceu ao protagonizar uma virada inesquesível no Couto Pereira. Toda essa emoção não é atoa, afinal, nesse exato momento o torcedor coxa branca pode respirar livremente fora do Z-4.

Com um primeiro tempo um tanto lento, não podíamos nem se quer imaginar o espetáculo que nos esperava na etapa complementar. Logo de início do segundo periodo de partida para Coritiba e Santos, João Paulo concedeu passe curto e a bola acabou sobrando para Ricardo Oliveira abrir o placar para o visitante, trazendo uma total desanimação ao torcedor alviverde, o qual parecia indignado com o resultado.

Contudo, não demorou muito para tal desânimo se converter em alegria. O fato foi que, após modificações precisas de Carpegiani, como a de Benítez por Evandro e Juan assumindo a lateral esquerda, o Coxa começou a crescer na partida e, mais dois gols foram marcados, um belo gol de Kleber e uma pintura de Iago no finalzinho do jogo.

"Tivemos uma infelicidade e ali contribuiu para ganharmos o jogo. O grande finalizador do Santos era o Ricardo, e acabei tirando o lateral para colocar Juan pelo lado esquerdo. Daí tivemos mais desenvoltura. Imprimimos um ritmo, entrou o Evandro se posicionado bem e ele tem velocidade e técnica para ser o companheiro do Kleber. Iago entrou bem com força e velocidade. Esse é o Coritiba que eu quero. Nós imprimimos o nosso ritmo e fizemos justiça ao resultado. Eu gostei muito", declarou Carpegiani.

Técnico ainda exaltou qualidade da equipe santista que, para ele, é a principal candidata ao título por ter uma estrutura técnica relativamente boa. O mesmo ainda afirmou ter montado seu time visando o modo de jogo apresentado pelo adversário em outras ocasiões no Brasileirão

"Eu disse que íamos enfrentar a equipe que é a melhor tecnicamente e grande candidata, porque tem muita qualidade com jogadores altamente técnicos. Para enfrentar, nós tínhamos que ter uma equipe muito bem acertada. No primeiro tempo foi muita confusa a nossa marcação, então foi um jogo muito difícil pela alta qualidade, movimentação e dinâmica do time."

Além do treinador, seus comandados também comemoraram a belíssima largada do Coritiba para esse segundo turno de Brasileiro. Juan mostrou estar muito confiante com tal arrancada.

"É uma vitória importante e suada, onde o time que teve que se superar. Isso foi importante porque mostra que o time tem brilho e alma para fazer um grande segundo turno", disse o experiente meio campista coxa branca, Juan.

Deixando um pouco de lado o Brasileirão, o Coritiba volta a campo nesta quinta-feira (25), diante do Vitória, pela estreia da Copa Sul-Americana.