Em Córdoba, Coritiba busca reverter vantagem do Belgrano na Sul-Americana

Após derrota em casa por 2 a 1, clube Coxa Branca propõe escalação ofensiva para tentar virada no confronto das oitavas

Em Córdoba, Coritiba busca reverter vantagem do Belgrano na Sul-Americana
Coritiba treina no estádio Mario Kempes, palco da decisão (Foto: Divulgação / Coritiba)
Belgrano
Coritiba
Belgrano: Juan Carlos Olave; Luna, Cristian Romero, Cristian Lema e Jose Rojas; Guillermo Farre, Federico Lértora, Luján, Matias Suarez; Jorge Velazques e Bieler.
Coritiba: Wilson; Benítez (Walisson Maia), Nery, Juninho e Juan; João Paulo, Alan Santos; Iago, Vinícius, Leandro e o turco Kazim.
INCIDENCIAS: Partida válida pela volta das oitavas de final da Copa Sul-Americana 2016, disputada no estádio Mario Kempes, em Córdoba, na Argentina.

O Coritiba vai para o tudo ou nada em solo argentino às 21h45 desta quarta-feira (28). Na cidade de Córdoba, os paranaenses enfrentam o Belgrano, após a sofrida derrota por 2 a 1 no estádio Couto Pereira, pelas oitavas de final da Copa Sul-Americana. Dessa vez, os comandados do técnico Carpegiani precisarão de dois gols fora de casa, no mínimo, para almejar a difícil classificação.

No jogo de ida, chamou a atenção a tamanha mobilização do torcedor do Belgrano para rumar à cidade de Curitiba. Foi o primeiro compromisso internacional do já não mais discreto clube azul e branco. Se o ímpeto dos torcedores foi considerável no estádio Couto Pereira, no Mario Kempes será um clima ainda mais tenebroso aos visitantes.

Coritiba com fichas depositadas em formação ofensiva

O técnico Paulo César Carpegiani não deve esperar pelos locais em Córdoba. Na formatação da equipe, ele tem o retorno de peças defensivas: o zagueiro Walisson Maia, de 25 anos, regressa ao time, a exemplo do lateral-esquerdo Juan, importante criador de situações e organizador da equipe.

Os quatro atletas mais ofensivos são o quarteto Iago, Vinícius, Leandro e Kazim. Kléber Gladiador segue ausente, desde o enfrentamento na vitória por 1 a 0 sobre o rubro-negro baiano, na fase anterior da Sul-Americana. O Coxa chegou à Argentina e treinou no estádio Mario Kempes nesta terça-feira (27), com atividades orientadas pelo treinador.

Uma das peças da confiança de Carpegiani, Leandro concedeu entrevista com confiança na reversão do resultado adverso do jogo de ida no Couto Pereira: "Se eles fizeram dois gols aqui, então a gente consegue fazer lá. A torcida não influencia. Dentro de campo, são 11 contra onze. Nós temos que estar bem psicologicamente. Estamos preparados e vamos com tudo para buscar a classificação”, resumiu o ex-jogador de Grêmio, Palmeiras e Santos.

Do lado adversário, expectativa pela manutenção da equipe base do jogo de ida em Curitiba. O técnico Esteban González contará com seus principais nomes para obter a vaga adiante, na histórica campanha do Belgrano.

O meia Matias Suarez foi fundamental na ida, em 21 de setembro, na vitória conquistada com gols de Bieler e Luján. O do Coritiba foi anotado justamente pelo otimista Leandro, em cobrança de pênalti.

O provável Coritiba de Paulo César Carpegiani tem: Wilson; Benítez (Walisson Maia), Nery, Juninho e Juan; João Paulo, Alan Santos; Iago, Vinícius, Leandro e o turco Kazim.

O provável Belgrano de Córdoba do técnico Esteban González tem: Juan Carlos Olave; Luna Sebastian, Cristian Romero, Cristian Lema e Jose Rojas; Guillermo Farre, Federico Lértora, Nahuel Luján, Matias Suarez; Jorge Velazques e Claudio Bieler.