Alex Brasil avalia expulsão de Kleber como contrapartida de Fla-Flu: "Eles iam descontar em algum lugar"

Dirigente cobrou da CBF mais treinamento e profissionalismo na arbitragem brasileira que, segundo ele, tem prejudicado o Coritiba na tabela

Alex Brasil avalia expulsão de Kleber como contrapartida de Fla-Flu: "Eles iam descontar em algum lugar"
Alex Brasil avalia expulsão de Kleber como contrapartida de Fla-Flu (Foto:Divulgação/Coritiba)

O empate entre Coritiba e Fluminense gerou uma certa desconfiança em Alex Brasil, dirigente do Coxa. O mesmo fez diversas acusações ao árbitro Raphael Claus que, segundo ele, teria expulsado Kleber para aliviar a polêmica ocorrida no clássico Fla-Flu, partida na qual a equipe em questão teve um gol anulado, depois validado e anulado novamente pela arbitragem. O Fluminese recorreu a STJD, mas a justiça foi dada para o lado do Flamengo que recuperou seus pontos.

"O que aconteceu com a equipe adversária no jogo contra o Flamengo, eles iam descontar em algum lugar e veio aqui acontecer aqui. Eles acabam prejudicando muitas pessoas e prejudicam uma instituição campeã brasileira", declarou.

Para complementar sua tese, Alex ainda lembrou do confronto entre Coxa e Internacional no ano de 2015, apitada também por Claus. Dirigente apontou que no embate, Kleber reclamou de um pênalti não marcado. Derrota, naquela época, acabou prejudicando muito o Coritiba na tabela.

"Esse mesmo árbitro no ano passado teve uma partida contra o Internacional e ele não deu um pênalti escandaloso", afirmou.

Por fim, o mesmo cobrou a CBF quanto ao treinamento e profissionalismo dos árbitros que atuam no futebol brasileiro. Para ele, o Coritiba vem sendo muito prejudicado por arbitragens descomprometidas e mal preparadas. O presidente do clube, Rogério Bacellar, já havia declarado e enviado dez reclamações à Confederação Brasileira de Futebol anteriormente.

"Já fiz mais de dez reclamações e passei uma mensagem para o Del Nero (atual presidente da CBF) dizendo que o Coritiba está sendo prejudicado. O tribunal da CBF tem que tomar uma atitude, porque é uma vergonha o que está acontecendo. Queremos árbitros corretos", finalizou.

O Coritiba que não vence a quatro jogos no certame, tem uma dificíl tarefa a ser cumprida no estádio Luso Brasileiro, no Rio de Janeiro, onde duelará no próximo domingo (30), às 18h30 (de Brasília), diante do Botafogo.