Coritiba carimba vitória sobre Flamengo e se afasta da zona da degola no Brasileiro

Com resultado positivo em casa, Coritiba viu distância para o Z-4 aumentar; por outro lado, Flamengo vê vaga na Libertadores cada vez mais distante

Coritiba carimba vitória sobre Flamengo e se afasta da zona da degola no Brasileiro
(Foto: Staff Images/Flamengo)
Coritiba
1 0
Flamengo
Coritiba: Wilson; Léo, Werley, Cléber Reis e Thiago Carleto; Jonas, Alan Santos e Tiago Real; Dodô (Matheus Galdezani), Henrique Almeida (Kleber) e Rildo (Getterson). Técnico: Marcelo Oliveira
Flamengo: Diego Alves; Pará, Rhodolfo, Juan e Renê; Márcio Araújo (Vinicius Junior), Cuéllar e Diego (Geuvânio); Éverton Ribeiro, Lucas Paquetá e Everton (Felipe Vizeu). Técnico: Reinaldo Rueda
Placar: 1-0, min. 7, Cléber Reis.
ÁRBITRO: Raphael Claus (SP), assistido por Danilo Ricardo Simon Manis (SP) e Tatiane Sacilotti dos Santos Camargo (SP). Cartões amarelos: Cléber Reis, Thiago Carleto e Rildo (C); Diego Alves, Renê, Vinícius Junior, Cuéllar e Lucas Paquetá (F).
INCIDENCIAS: Partida válida pela 35ª rodada do Campeonato Brasileiro, disputada entre Coritiba e Flamengo no Couto Pereira. Público pagante: 14.821 torcedores. Renda: R$ 389.820,00.

*Por Gabriel Henrique, redator da VAVEL Brasil

Na noite desta quinta (16), o Coritiba venceu o Flamengo por 1 a 0 pelo Campeonato Brasileiro. No Couto Pereira, a partida contou com linda festa da torcida do Coxa antes da bola rolar, além do apoio incondicional durante o jogo. Cléber Reis abriu o placar logo no início da partida e garantiu os três pontos para os donos da casa. 

Com a vitória, o time de Marcelo Oliveira chega a 43 pontos na tabela e toma distância do Vitória, que é o primeiro time da zona de rebaixamento, com 39 pontos. O Flamengo, que acumula duas derrotas seguidas no torneio, segue com 50 pontos e se distancia cada vez mais do G-4.

Na próxima rodada, o Coritiba visita o Atlético-MG no domingo (19), às 19h, e tenta fugir ainda mais da zona da degola. O Flamengo recebe o já campeão Corinthians na Ilha do Urubu, às 17h de domingo (19), e precisa vencer para manter vivo o sonho da classificação à Libertadores.

Coritiba define partida logo no início 

O único gol da partida saiu logo no início da primeira etapa. Aos sete minutos, após cobrança de falta de Thiago Carleto na área rubro-negra, Cléber Reis subiu mais do que o zagueiro Juan e cabeceou para o fundo do gol. Após sair atrás no placar, o Flamengo tentou a reação e teve maior posse de bola, mas não conseguiu criar muitas chances no ataque. A estratégia adotada pelo Coxa era fechar a defesa e apostar nos rápidos contra-ataques. 

Os dois times pouco chegavam ao gol adversário. Quando conseguiam, era por bola aérea, mas não levavam tanto perigo. O Flamengo ditava o ritmo do jogo, mas não conseguia infiltrar a defesa dos donos da casa. A melhor chance foi em chute de Éverton Ribeiro; na ocasião, o goleiro Wilson deu rebote e Lucas Paquetá tentou a finalização, mas a bola foi por cima da meta alviverde.

Rubro-Negro pressiona, mas Coxa segura o resultado

A etapa final apresentou o mesmo panorama já visto no primeiro tempo. Enquanto o Coritiba continuava marcando mais e apostando no contra-ataque, o Flamengo seguia comandando a posse de bola, mas sem criar chances claras de gol.

Apesar das três modificações promovidas por Marcelo Oliveira e Reinaldo Rueda, a desorganização no confronto no Couto Pereira se manteve. O segundo tempo foi mais uma amostra de inúmeras tentativas do Flamengo, entretanto, sem chance concreta de gol. Discreto e eficiente, por outro lado, o Coritiba manteve a retranca e administrou o resultado positivo diante dos 14 mil torcedores presentes em sua casa.