Jheimy marca em reestreia, evita revés do Criciúma, mas reitera: "Não foi bom resultado"

Atacante passou por longo período de recuperação de lesão na coxa e conseguiu ajudar Tigre com gol nos acréscimos, em empate diante do Tupi

Jheimy marca em reestreia, evita revés do Criciúma, mas reitera: "Não foi bom resultado"
Jheimy garantiu igualdade aos 48 minutos do segundo tempo (Foto: Fernando Ribeiro / Criciúma)

O resultado não agradou ao torcedor do Criciúma neste sábado (18), pela Série B do Campeonato Brasileiro. O empate com o Tupi veio após uma virada dos visitantes, com o gol do 2 a 2 somente a 48 da etapa final. A equipe de Juiz de Fora novamente deixou pontos escaparem nos instantes finais, a exemplo da derrota para o Brasil de Pelotas, há duas rodadas.

Com o empate, o Tigre catarinense vai a 17 pontos, na sexta colocação. O Tupi é somente o vice-lanterna, 19º colocado, com 5 pontos ganhos e apenas uma vitória na competição.

O atacante Jheimy, que igualou as coisas para o time catarinense a 48 minutos do segundo tempo, comentou sua volta a balançar as redes. O atleta não aparecia em campo há quatro meses em partidas oficiais, por conta de um estiramento na coxa. Na etapa complementar, adentrou ao jogo da Série B no lugar de Marlon e conseguiu ajudar o Tigre a garantir, ao menos, o ponto a mais na tabela de classificação.

O placar, entretanto, não é de comemoração e o atleta pede união do grupo por um triunfo fora de casa, na próxima jornada.

"Não foi bom resultado, porque não pode empatar em casa. Estive mais de dois meses machucado. Graças a Deus conseguimos fazer o gol de empate. Agora é trabalhar, porque terça-feira tem um jogo difícil fora de casa e precisamos vencer também fora", analisou o autor do empate, já pensando no duelo com o Vila Nova, na terça (21), no estádio Serra Dourada, em Goiás.

"Infelizmente sofremos esse gol. Não sei se foi falta de sorte", disse o defensor Heitor, da equipe de Juiz de Fora. Já são 7 jogos sem vitória do time alvinegro. A tentativa de reabilitação virá também na terça-feira, quando o Tupi volta a jogar em casa, diante do Bahia, às 19h15.