Roberto Cavalo aponta equilíbrio entre Atlético-GO e Criciúma: "Foi bem disputado"

Fora de seus domínios, Tigre sai derrotado e pode terminar a rodada fora do G-4

Roberto Cavalo aponta equilíbrio entre Atlético-GO e Criciúma: "Foi bem disputado"
Foto:Divulgação/Criciúma

O Criciúma foi até Goiânia visitar o embalado Atlético-GO, adversário direto na parte de cima da tabela e saiu derrotado por 1 a 0. Com o resultado, o Tigre corre o risco de terminar a rodada fora da zona de classificação, enquanto o Dragão se encontra na vice liderança.

Roberto Cavalo avaliou esta ter sido uma partida bem disputada pelas equipes, que lutaram o tempo todo pelo resultado. O treinador ainda citou que o empate seria o placar mais justo, em um confronto de dois times que, segundo ele, lutarão pelo acesso à Série A do Campeonato Brasileiro.

"O Atlético-GO tem qualidade, um toque de bola muito bom, mesmo com a ausência de três titulares, mostraram um elenco forte. Dois times equilibrados, nós também com três desfalques. Mudam as características e pode cair de rendimento. Foi bem disputado e são equipes que vão brigar pelo acesso", afirmou.

Ainda destacando o equilibrio estabelecido durante a partida, Cavalo elogiou o posionamento de seus comandados que, mesmo com o gol adversário, não recuaram. Pelo contrário, fizeram de tudo para marcar. Contudo, a falta de efetividade os atrapalhou. 

"Acho que o Criciúma jogou. No segundo tempo fomos mais para a frente do que para trás. Não foi um jogo de criação, foi bem disputado, os dois times com bons passes, em alguns momentos eles criaram. Depois tentamos mexer na equipe, foram bem os jogadores, mas não conseguimos fazer o gol", disse.

Por fim, o técnico expôs as carências de seu time, o qual segundo ele perdeu muito com as lesões de alguns de seus atletas de confiança e precisa urgentemente repor essas peças, para continuar firme na busca pelo campeonato.

"Estamos em busca, sem Roberto e Niltinho perdemos velocidade. A Série B é diferente do Catarinense e buscamos. O plantem tem carência em algumas posições. E o mercado está difícil, quem está no banco da Série A às vezes não quer vir. Quando você está perto do G-4 pensa na Série A, se ficar para trás, não consegue recuperar", declarou.

Na próxima rodada, ainda fora de casa, o Criciúma vai até o estádio do Café, nesta sexta-feira(1), onde irá enfrentar o Londrina, às 21h30.