Boa atuação de Lucas garante vitória do Juventude para cima do Criciúma e retorno ao G-4

Gaúchos voltaram ao grupo de acesso para a primeira divisão, mas precisam esperar pelo complemento da rodada

Boa atuação de Lucas garante vitória do Juventude para cima do Criciúma e retorno ao G-4
Foto: Caio Marcelo/www.criciuma.com.br
Criciúma
1 2
Juventude
Criciúma: Luiz; Diogo Mateus, Edson Borges, Diego Giaretta e Márcio Goiano (João Henrique); Jonatan Lim, Jocinei (Moisés) e Douglas Moreira; Jeferson Negueba (Alex Maranhão), Lucão e Silvinho. Técnico: Luiz Carlos Winck.
Juventude: Matheus Cavichioli; Vidal, Domingues, Micael e Pará; Fahel, Lucas e Leilson (Caprini); Wesley Natã (Maurício), João Paulo (Mateus Santana) e Yago. Técnico: Gilmar Dal Pozzo.
Placar: 0-1, min. 11º/1T ||| 1-1, min. 19/2ºT, Lucão ||| 1-2, min. 37/2ºT, Lucas.
ÁRBITRO: Cláudio Francisco Lima e Silva, auxiliado por Cleriston Clay Barreto Rios e Vaneide Vieira de Gois. Cartões amarelos: Alex Maranhão e Lucão (CRI), Lucas e Leilson (JUV).
INCIDENCIAS: Jogo válido pela 24ª rodada da Série B, disputado no estádio Heriberto Hülse, em Santa Catarina.

A 24ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro apenas começou nesta terça (12), mas já tem time com o secador nas mãos para o decorrer dela. A equipe citada é o Juventude, que bateu o Criciúma fora de casa por 2 a 1, no Heriberto Hülse, subiu três posições e voltou ao G-4 da segunda divisão. A vitória gaúcha nesta terça teve dois gols de Lucas para os visitantes e um de Lucão para os mandantes.

O triunfo elevou o Juventude à terceira colocação, agora com 40 pontos. Ao longo da rodada, a equipe pode perder posição, uma vez que Vila Nova, Ceará e Paraná ainda não jogaram e podem ultrapassar os gaúchos. O próximo compromisso do time comandado por Gilmar Dal Pozzo é no dia 22 de setembro, sexta-feira, contra o Boa Esporte.

Já a derrota dos catarinenses pode resultar em queda de até três posições do time, de acordo com o complemento da rodada. Após a derrota para o Juventude, a equipe manteve seus 34 pontos e, até então, a sétima posição da tabela do torneio. O Criciúma tem pela frente o CRB, no sábado (23), às 16h30, no Rei Pelé.

Juventude abre o placar e fecha primeira etapa em vantagem

Embalado pela vitória sobre o até então líder Internacional, na rodada anterior, o Juventude chegou até Santa Catarina com o intuito de assegurar novamente três pontos. Com isso, aos 11 minutos, os visitantes abriram o placar no Heriberto Hülse. Após cruzamento rasteiro de Wesley pela esquerda, Lucas emendou de fora da área para balançar as redes dos donos da casa. No lance, a bola passou por toda a linha defensiva dos catarinenses, fazendo um 'corredor' até parar nos pés de Lucas.

O Juventude teve a oportunidade de ampliar o marcador cinco minutos depois de mexer no placar pela primeira vez. Uma boa trama dos visitantes contra a meta do Criciúma resultou em bola alçada na área catarinense por Yago. Wesley Natã conseguiu desviar de cabeça, mas o goleiro Luiz espalmou para fazer uma bela defesa e salvar, pelo menos momentaneamente, a 'pele' dos mandantes.

O Criciúma chegou com certo perigo aos 25 minutos. Lucão se posicionou de costas para a marcação da zaga gaúcha e escorou bola para Silvinho, que arriscou. Esperto, o arqueiro Matheus encaixou uma defesa tranquila. As equipes, que passaram a reproduzir até o fim do primeiro tempo um jogo morno, foram para o intervalo com 1x0 no placar para os visitantes.

Criciúma busca empate, mas noite inspirada de Lucas decreta vitória gaúcha

Com menos de um minuto de jogo na etapa complementar, o autor do único gol do duelo até então quase anotou mais um. De frente para a grande área catarinense, o volante Lucas recebeu passe, clareou o lance e desvencilhou-se da marcação para acertar uma finalização. A bola bateu na trave e saiu pela linha de fundo, dando um susto no torcedor do Criciúma. 

O time da casa, que sofreu um apagão no momento do gol do Juventude, começou a 'acordar' na partida. Uma das progressões da equipe em campo resultou justamente no gol de empate dos catarinenses. Aos 19 minutos, Alex Maranhão cruzou na área do Juventude, e Lucão desviou de cabeça em dividida com Domingues. Com isso, tudo igual no Heriberto Hülse: 1 a 1.

Dois minutos depois, a virada catarinense quase se consolidou. Um cabeceio de Moisés procurou o canto de Matheus, mas a bola foi para fora. Nos minutos que sucederam o gol de empate, os donos da casa esboçaram uma procura pelo seu segundo tento, o que aconteceu, no entanto, no lado do Juventude.

Aos 37 minutos da etapa complementar, o time gaúcho subiu em contra-ataque, que teve Yago brigando contra um marcador na linha de fundo. Ao assegurar a posse, o atacante entrou na área do Criciúma e finalizou duas vezes, mas ambas explodiram na zaga catarinense. No desenrolar do lance, a bola sobrou em profundidade para Lucas na esquerda, que mandou um chute cruzado contra a meta de Luiz. Uma, duas vezes Lucas, e 2 a 1 no placar para os visitantes.