Ainda sem definição de treinador, Cruzeiro visita motivado Londrina pela Copa do Brasil

Após Ricardo Gomes recusar proposta celeste e permanecer no Botafogo, Raposa corre contra o tempo para anunciar novo comandante; paranaenses estão empolgados com a disputa da Série B

Ainda sem definição de treinador, Cruzeiro visita motivado Londrina pela Copa do Brasil
(Foto: Divulgação/Cruzeiro)
Londrina
Cruzeiro
Londrina: Marcelo Rangel; Igor Bosel, Silvio, Matheus e Paulinho; Germano, Bidía, Netinho e Zé Rafael (Jô); Paulinho Moccelin e Itamar (Bruno Batata)
Cruzeiro: Fábio; Lucas, Léo, Bruno Rodrigo e Sánchez Miño; Lucas Romero e Henrique; Elber, Pisano e Allano; Willian
ÁRBITRO: Marcio Henrique de Gois, auxiliado por Márcia Bezerra Lopes Caetano e Alex Ang Ribeiro
INCIDENCIAS: Partida válida pelo jogo de ida da segunda fase da Copa do Brasil, a ser disputada no Estádio do Café, nesta terça-feira (10), às 21h30, em Londrina/PR.

Passados cinco dias da classificação sofrida para à segunda fase da Copa do Brasil, diante do Campinense, o Cruzeiro entrará em campo e o adversário da vez é o Londrina. O duelo acontece nesta terça-feira (10), às 21h30, no estádio do Café, localizado no norte do Paraná.

As equipes enfrentam situações opostas na temporada. Nas últimas semanas, o Cruzeiro tem pensado apenas na Copa do Brasil, já que foi eliminado do Campeonato Mineiro, pelo América-MG, no dia 24 de abril. Já o Londrina, chega motivado para o duelo. O Tubarão, que foi eliminado pelo Atlético-PR nas quartas de final do Paranaense, se sagrou campeão do interior no último sábado (7), após bater o PSTC

Na primeira fase da Copa do Brasil, panoramas diferentes: enquanto o Cruzeiro passou do Campinense em um 0 a 0 no primeiro jogo e 3 a 2 na partida de volta, o Londrina venceu o Parauapenas-PA no primeiro duelo, fora de casa, por 1 a 0. Já em solo paranaense, o Tubarão goleou o adversário por 6 a 0, alcançando a classificação de forma tranquila.

Cruzeiro e Londrina se enfrentaram pela última vez no ano passado, em um amistoso que serviu de preparação para a temporada e que fez parte da negociação do atacante Joel, que defendeu as cores da Raposa e atualmente defende o Santos. No entanto, os mandantes venceram o duelo por 1 a 0, com gol de falta marcado por Celsinho.

Claudio Tencati sinaliza Londrina com cinco alterações para esta noite

Após conquistar o título do interior no Campeonato Paranaense, Cláudio Tencati comandou, nesta segunda-feira (9), o último treino antes do duelo contra o Cruzeiro. O treinador sinalizou a equipe com cinco alterações, comparado com o time que entrou em campo no sábado, diante do PSTC.

No setor defensivo, a baixa confirmada fica por conta do zagueiro Luizão, que sofreu contusão no ombro. A responsabilidade ficará nas mãos de Matheus. Já no meio-campo, o experiente volante Germano volta ao time titular, após ser poupado nas duas últimas partidas do Tubarão. O recém-apresentado Igor Bosel treinou entre os titulares na lateral direita, enquanto Bidía atuou normalmente como volante. O setor de armação ficou por conta de Zé Rafael e Netinho.

Apesar das mudanças, Claudio Tencati fez mistério e não confirmou se as alterações serão de fato concluídas. O treinador do Londrina tem dúvidas, sobretudo, no setor ofensivo, já que pode começar a partida com o atacante Jô entre os titulares, abrindo mão de Zé Rafael ou Paulinho Moccelin no meio-campo. Já Itamar, disputa a vaga de centroavante com Bruno Batata.

"A dúvida é se começo com o Jô ou se mantenho a formação que vem jogando. Não vou iniciar com dois homens de área, vou com apenas um e três homens atrás, um 4-2-3-1. Quem vai jogar, ainda estou definindo. A dúvida é se jogo com dois caras de beiradas, Paulinho Moccelin e Jô, ou com dois meias, com o Zé Rafael. No ataque, a chance do Itamar começar como titular é grande, até porque é o Bruno Batata jogou os 90 minutos dos dois últimos jogos e com uma intensidade tremenda, com pouco tempo de recuperação", disse Tencati.

Delamore promove duas mudanças na titularidade do Cruzeiro

Com a indefinição para escolher um substituto de Deivid no comando do Cruzeiro, restou ao interino Geraldo Delamore comandar o time em mais uma oportunidade. Assim como Claudio Tencati, o técnico da Raposa armou o time no 4-2-3-1, esquema este que o agradou na vitória diante do Campinense.

Delamore, comandou treino um tático na manhã desta segunda-feira (9), na Toca da Raposa II. Sem mistério, o zagueiro Léo e o meia Matías Pisano treinaram entre os titulares. O defensor, que não pôde atuar na vitória contra o Campinense, no Mineirão, porque estava suspenso, entrará no lugar do jovem Bruno Viana. Por sua vez, o baixinho argentino fará a função de armador da equipe no lugar de Arrascaeta, que se recupera de uma concussão cerebral e está vetado para enfrentar o Londrina.

O atacante Rafael Silva, artilheiro da Raposa nesta temporada, com seis gols, também está vetado para o duelo diante dos paranaenses. Ele segue tratando de uma lombalgia. O lateral-direito Mayke, os zagueiros Dedé e Manoel e os meias Marcos Vinícius e Robinho, também integram o departamento médico do clube. 

O objetivo do Cruzeiro em terras paranaenses, é eliminar o jogo da volta, no Mineirão. É o que garante o meio-campo Elber, titular nesta noite, ao lado de Pisano e Allano. O camisa 23 da Raposa exaltou a grandeza do clube celeste.

“Iremos com o intuito de eliminar o jogo da volta. Vamos para vencer por 2 a 0 ou, se isso não acontecer, queremos ao menos sair lá de com o resultado positivo, porque representamos uma grande instituição. O Cruzeiro tem que estar sempre brigando por títulos”, concluiu.