Bryan é aprovado nos exames médicos e assina contrato com Cruzeiro por três anos

Novo lateral-esquerdo da Raposa depende que documento seja regularizado na CBF, para que possa estrear com a camisa celeste; apresentação oficial deverá ocorrer na próxima semana

Bryan é aprovado nos exames médicos e assina contrato com Cruzeiro por três anos
Bryan firmou vínculo com Cruzeiro até 15 de maio de 2019 (Foto: Divulgação / Cruzeiro)

Após ser aprovado nos exames médicos, realizados na última quinta-feira (12), na Toca da Raposa II, o lateral-esquerdo Bryan assinou contrato com o Cruzeiro, nesta sexta-feira (13), por três anos. A apresentação oficial do jogador deverá acontecer na próxima semana.

Agora, Bryan aguarda apenas que seu nome seja regularizado no Boletim Informativo Diário (BID) da CBF, para que possa estrear com a camisa celeste. O jogador chega para suprir a carência do time na lateral esquerda, já que Fabrício, o único atleta de ofício no setor, foi emprestado ao Palmeiras. Atualmente, o volante argentino Sanchez Miño atua de maneira improvisada na posição.

Para contar com Bryan, o Cruzeiro teve vencer a concorrência de Atlético-MG e Sport, que também estavam interessados no futebol do jogador. As conversas para contratar o lateral-esquerdo tiveram início logo após a eliminação do time celeste, no Campeonato Mineiro, contra o América-MG, onde o lateral atuava. Segundo o presidente do Coelho, Alencar da Silveira Júnior, a Raposa desembolsou pouco mais de 600 mil reais para contar com o atleta, além do clube alvinegro ter ficado com direito de 10% de uma venda futura do jogador.

Um fator importante que viabilizou o acerto com o Cruzeiro, foi o fato dos familiares de Bryan morarem em Belo Horizonte. O atleta foi criado nas categorias de base do América-MG, sendo emprestado ao Benfica, de Portugal, à Portuguesa e à Ponte Preta. Em 2015, o profissional retornou à equipe que o revelou e conseguiu o acesso para a Série A do Campeonato Brasileiro. Já na atual temporada, ele foi um dos destaques da agremiação americana na campanha que culminou na conquista do Campeonato Mineiro.