Reintegrado ao elenco do Cruzeiro, Riascos será avaliado com cautela por Paulo Bento

Caso seja aprovado pela atual comissão técnica da Raposa, colombiano deverá atuar como centroavante, mesma posição em que se destacou no Vasco

Reintegrado ao elenco do Cruzeiro, Riascos será avaliado com cautela por Paulo Bento
Empresários de Riascos tentaram um reempréstimo ao Vasco, mas, sem sucesso (Foto: Divulgação/Cruzeiro)

Reintegrado ao elenco do Cruzeiro na última quinta-feira (19), o atacante Riascos segue passando por avaliações físicas e deverá começar a treinar com bola neste domingo (22). A partir de então, o colombiano será avaliado pelo técnico Paulo Bento e sua comissão. O português irá adotar cautela para observar o futebol do jogador.

“A questão da integração do Riascos tem que ir com alguma calma. Logo veremos como e quando o integraremos. Nossa integração nesta semana teve a ver com a transmissão da mensagem que trabalharíamos e o conhecimento da estrutura do clube. Creio que conseguimos fazer”, disse o treinador.

Caso seja utilizado por Paulo Bento, Riascos deverá atuar como centroavante, posição na qual se destacou no Vasco, após empréstimo do Cruzeiro. No Cruzmaltino, o colombiano marcou 17 gols em 49 partidas. Apesar do jogador ter falado em diversas oportunidades que queria permanecer no Rio de Janeiro, a vaga na titularidade será questão de tempo, uma vez que a média de gols dos atacantes da Raposa está baixa.

“Há uma quantidade de jogadores, que estão com alguns problemas físicos e a situação do Riascos tem a ver com a decisão que tomaremos no futuro com a parte diretiva. Ele joga mais ao centro da área, finaliza bem. Tentaremos, dentro das possibilidade do calendário, observá-lo da melhor maneira e tomar a decisão mais correta”, declarou Paulo Bento.

Nesta sexta-feira (20), os empresários de Riascos estiveram na Toca da Raposa II para discutir com a diretoria celeste sobre o futuro do jogador. O ex-atacante Magrão e Ubiraci Cardoso, que representam o atleta, ainda tinham esperanças em convencer a cúpula do clube mineiro a ceder o atacante por mais uma temporada ao Vasco. No entanto, os dirigentes possuem planos definidos para o colombiano: caso não seja utilizado por Paulo Bento, Riascos poderá ser usado como "moeda de troca".