Robinho faz boa estreia pelo Cruzeiro, mas vê time adiar a primeira vitória na competição

Meia chegou ao clube no final do mês de abril em negociação do Cruzeiro com o Palmeiras, mas estava se recuperando de um edema na coxa direita

Robinho faz boa estreia pelo Cruzeiro, mas vê time adiar a primeira vitória na competição
Robinho tem a missão de armar o Cruzeiro, que vem tendo problemas em seu setor de criação (Foto: Washington Alves/Light Press/Cruzeiro)

Na tarde deste sábado (28), o Cruzeiro empatou com América-MG em 1 a 1, no Mineirão, mas o resultado não foi bom para a equipe celeste, que continua sem vencer no Campeonato Brasileiro. O time de Paulo Bento ocupa a penúltima colocação da competição e pode terminar a rodada na lanterna, caso o Sport, atual último colocado, vença ou empate com o Corinthians, no domingo (29), na Ilha do Retiro.

Apesar do empate amargo em casa, um dos destaques do jogo foi o meia Robinho, que estreou após um processo de recuperação de um edema na coxa direita. O jogador reconheceu a urgência da equipe celeste por uma vitória, que em quatro rodadas conquistou apenas dois pontos. “Não estou bem fisicamente, senti muito. Estava há três semanas parado. Era importante vencer para continuar firme no campeonato. Temos que buscar as vitórias, já fazem quatro rodadas. Não foi um resultado bom para o nosso time. Estamos chateados porque precisávamos vencer. Agora é trabalhar para buscar a vitória", afirmou o jogador.

O meia entrou aos 13min do segundo tempo, substituindo Ariel Cabral, e aos 36min fez um cruzamento nos pés de Arrascaeta, que emendou direto para o gol, empatando a partida. Robinho recebeu muitos elogios pela atuação na estreia e já visa a próxima partida. “Passe, isso aí faz parte. O Arrascaeta fez um movimento bom. Agora é levantar, não foi um bom resultado para o nosso time. Eles saíram cantando vitória e estou chateado porque precisamos vencer. Agora é buscar a vitória na quarta-feira”, destacou o estreante.

Robinho chegou ao Cruzeiro em abril, depois de uma negociação da equipe celeste com o Palmeiras, envolvendo a troca de Fabiano e Fabrício por Lucas e Robinho. Depois da boa estreia do meia, sua chance de titularidade já pode ser efetivada no próximo compromisso da equipe celeste no Brasileirão, que acontece na capital do país, na quarta-feira (1º), contra o Botafogo, às 21h45min, no Estádio Mané Garrincha.

Ao lado de Robinho, Riascos faz sua reestreia com a camisa estrelada

O colombiano Riascos fez sua reestreia pelo Cruzeiro no clássico deste sábado (28), diante do América. O jogador voltou ao Cruzeiro depois de uma bela passagem pelo Vasco, onde marcou 17 gols em 49 jogos. Ele saiu da Raposa em direção ao Gigante da Colina no ano passado, por empréstimo, depois de atuações pouco notórias, não marcando nenhum gol com a camisa cruzeirense. Seu retorno quase não se consolidou porque a diretoria do Vasco insistia em manter Riascos em seu plantel, mas o presidente do Cruzeiro, Gilvan Tavares, reconhecendo a boa fase do jogador, não hesitou em querer sua volta, alegando que o Cruzeiro não estava vivendo um momento de "fazer bondade para outros clubes".