Léo lamenta início ruim de Brasileirão e conta com apoio do torcedor do Cruzeiro em Brasília

Zagueiro da Raposa afirma que existe pressão interna por resultados e exalta força da torcida na capital federal: "Clima diferente e agradável"

Léo lamenta início ruim de Brasileirão e conta com apoio do torcedor do Cruzeiro em Brasília
Léo deverá ser titular na zaga celeste, contra o Botafogo, ao lado de Bruno Viana (Foto: Washington Alves/Light Press)

O estádio Mané Garrincha, em Brasília/DF, será o palco do duelo entre Botafogo e Cruzeiro, na quarta-feira (1º), às 21h45, pela 5ª rodada do Campeonato Brasileiro. Mesmo longe do território mineiro, o zagueiro da Raposa, Léo, acredita que o cenário estará totalmente favorável ao clube celeste, uma vez que a equipe atua constantemente na capital federal, atraindo um público bom nas arquibancadas.

"A presença do torcedor do Cruzeiro em Brasília ajuda a encher o estádio, se torna um clima diferente e agradável. Mas em campo é outra coisa, a gente tem que estar totalmente concentrado para buscar a vitória", disse o camisa 3.

Concentração mais do que necessária, afinal, o Cruzeiro ainda não venceu no Brasileirão. Até aqui, foram dois empates e duas derrotas, longe de um início animador para os jogadores. O técnico Paulo Bento, há duas semanas no cargo, ainda está em processo de adaptação ao futebol brasileiro, buscando, paralelamente, introduzir sua filosofia entre os atletas celestes, como contou Léo.

"Não era o início que a gente esperava, mas em função do que aconteceu, mudança de comando, filosofia, é o início que a gente vai assimilando, tentando entender o que o Paulo Bento vai passando. Isso gera tempo, para que a gente consiga pegar tudo. É o início de campeonato e do Paulo Bento. A gente vem jogando bem, mas claro que precisamos da vitória, a vitória dá mais tranquilidade e confiança", declarou o zagueiro.

A pressão fora das quatro linhas está grande. Torcedores protestando dentro e fora dos estádios, como nesta segunda-feira (30), quando 40 integrantes de uma torcida organizada se reuniram na porta da sede administrativa do Cruzeiro, reivindicando melhorias na diretoria, reforços para o elenco e bons resultados em campo. No entanto, Léo garantiu que o clima fora dos gramados, é o mesmo entre os jogadores, mas ressaltou que todos estão trabalhando para mudar o atual panorama do time.

"A pressão interna é a mesma, todo mundo quer ganhar, está buscando as vitórias, quer melhorar, quer o crescimento da equipe. Todo mundo se cobra para que os resultados possam acontecer. Isso deve acontecer. A gente está procurando acertar alguns detalhes para crescermos na competição", concluiu.