Arrascaeta marca dois, Cruzeiro goleia Ponte Preta e se reabilita no Brasileirão

Meia-atacante se destacou no triunfo que tira momentaneamente a equipe celeste do Z-4

Arrascaeta marca dois, Cruzeiro goleia Ponte Preta e se reabilita no Brasileirão
(Foto: Marcelo Zambranna/Lightpress/Cruzeiro)
Ponte Preta
0 4
Cruzeiro
Ponte Preta: João Carlos; Nino Paraíba, Fábio Ferreira, Kadu e Reinaldo; João Vitor, Renê Júnior (Ravanelli, min. 2/2º) e Cristian (William Pottker, min. 1/2º); Felipe Azevedo, Roger (Wellington Paulista, min. 20/2º) e Clayson. Treinador: Eduardo Baptista.
Cruzeiro: Fábio; Mayke, Bruno Viana, Bruno Rodrigo (Fabrício Bruno, min. 39/2º) e Bryan; Henrique, Bruno Ramires e Lucas Romero; Alisson, Riascos (Willian, min. 24/2º) e Arrascaeta (Bruno Nazário, min. 36/2º). Treinador: Paulo Bento.
Placar: 0-1, min. 8/1º, Henrique. 0-2, min. 21/1º, Arrascaeta. 0-3, min. 10/2º, Arrascaeta. 0-4, min.
ÁRBITRO: Dews0n Fernando Freitas da Silva (PA). Cartões amarelos: Arrascaeta (min. 26/2º), Lucas Romero (min. 29/2º), Reinaldo (min. 33/2º), Wellington Paulista, min. 35/2º), Willian (min. 43/2º), Mayke (min. 44/2º),
INCIDENCIAS: Partida válida pela décima rodada da Série A do Campeonato Brasileiro, realizada no Estádio Moisés Lucarelli, em Campinas/SP.

Sai, zica! Após perder pênalti na derrota para o Grêmio, no último domingo (19), o meia-atacante De Arrascaeta brilhou na noite desta quarta-feira (22) e ajudou o Cruzeiro a golear a Ponte Preta, por 4 a 0, no Moisés Lucarelli, pela décima rodada do Campeonato Brasileiro. O argentino marcou duas vezes e foi um dos destaques da partida. O volante Henrique o atacante Alisson completaram o placar para a equipe mineira.

Com o resultado, o Cruzeiro sai momentaneamente da zona de rebaixamento. O time celeste chega a 11 pontos. A Ponte Preta, por sua vez, permanece na décima colocação, com 13 pontos, mas pode perder posições na tabela no decorrer da rodada.

Depois de dois jogos fora de casa, a Raposa voltará a jogar em Belo Horizonte/MG. No sábado (25), recebe o Palmeiras, às 19h, no Mineirão. Já a Macaca enfrentará o Vitória, no domingo (26), às 16h, no Barradão

Ponte Preta sucumbe e Cruzeiro passa por cima

Não demorou muito para o Cruzeiro tirar o zero do marcador em Campinas. Logo aos sete minutos de jogo, o volante Henrique pegou a sobra de escanteio na área, acertou um belo chute e colocou o Cruzeiro na frente. A Ponte Preta tentou reagir ao baque com arremate de Felipe Azevedo, mas a bola ficou tranquila para Fábio. Aos 12 minutos, o zagueiro Bruno Viana tentou cortar uma bola e quase anotou gol contra.

Os comandados de Paulo Bento mantiveram o ritmo e, aos 21 minutos, aumentaram a vantagem celeste. Mayke levantou a cabeça, cruzou na área e o argentino Arrascaeta desviou para marcar o segundo da Raposa na partida. A torcida a Ponte Preta não gostava do que via e chegou a perder a paciência depois do segundo tento sofrido. Antes de terminar o primeiro tempo, o lateral Reinaldo teve a oportunidade de diminuir o prejuízo, mas a bola teimava em não entrar.

Na segunda etapa, o Cruzeiro anotou o terceiro com Arrascaeta. Aos nove minutos, Riascos finalizou e a bola pegou na mão do zagueiro Fábio Ferreira dentro da área: pênalti. O meia-atacante não titubeou na marca da cal e balançou as redes de João Carlos. Ele havia perdido um pênalti na derrota para o Grêmio, na última rodada.

A equipe mineira quase marcou um golaço com Alisson, que recebeu de Willian e mandou por cima de João Carlos; a bola saiu tirando tinta da trave. Mas, aos 32 minutos, a Macaca cometeu outro pênalti. Reinaldo segurou Willian dentro da área e o árbitro assinalou a penalidade máxima. Dessa vez, Alisson foi quem esteve encarregado da cobrança: bola na rede e goleada azul e branca em Campinas.