Bruno Nazário tem sua primeira oportunidade com o técnico Paulo Bento

Depois de mais de dois meses, o atleta teve a chance de entrar em campo com a camisa celeste no segundo tempo da goleada diante da Ponte Preta

Bruno Nazário tem sua primeira oportunidade com o técnico Paulo Bento
Foto: Washington Alves/Light Press/Cruzeiro

A vitória do Cruzeiro diante da Ponte Preta, por 4 a 0, fora de casa, na última quarta-feira (22), teve um gosto especial ao jovem meio-campista Bruno Nazário. O jogador de 21 anos teve sua primeira oportunidade de jogar sob o comando do técnico Paulo Bento. O meia entrou na partida aos 32 minutos do segundo tempo, substituindo o uruguaio De Arrascaeta, autor de dois gols. Apresentado no início de fevereiro, esse foi apenas o segundo jogo do atleta com a camisa celeste.

Bruno Nazário não escondeu o entusiasmo por ter tido a oportunidade de atuar diante da equipe de Campinas. “Tenho trabalhado forte todos os dias na Toca e, graças a Deus, tive essa oportunidade contra a Ponte”, disse. Segundo ele, a rotina intensa de treinamentos é para sempre estar apto para jogar. “Vou continuar fazendo o meu melhor nos treinos para estar sempre à disposição do Cruzeiro e do professor Paulo Bento”, apontou o meio-campista.

A vitória com ampla vantagem no marcador aliviou os ânimos da torcida que estava impaciente, uma vez que a Raposa entrou na última rodada como lanterna do Brasileirão. O meia destacou a importância do resultado positivo e ainda se mostrou otimista na escalada do time na tabela do campeonato. “O mais importante contra a Ponte foi a vitória, que fez a gente dar uma respirada no campeonato. Agora, vamos com tudo para cima do Palmeiras e, se Deus quiser, conquistar mais três pontos e sair dessa zona incômoda da tabela”, disse.

Bruno Nazário foi revelado pelo Figueirense, em 2012. O jogador pertence ao Hoffenheim, da Alemanha, e atua pelo Cruzeiro por empréstimo. Com a camisa celeste, o jogador havia atuado na vitória da equipe diante do Boa Esporte, por 3 a 2, em partida válida pelo Campeonato Mineiro. Na ocasião, ele foi autor da assistência para o gol de Douglas Coutinho, o segundo da partida.

Para subir na tabela e afastar da zona do rebaixamento, a Raposa deve mirar na vitória diante do líder do Campeonato Brasileiro. O embate com o Palmeiras será neste sábado (25), às 19h, no Mineirão. Se vencer, o Cruzeiro acaba com a série de seis jogos invictos da equipe paulista. Em caso de empate ou derrota, a equipe mineira tem grande chance de voltar ao Z4.