Sem espaço após novos reforços, Douglas Coutinho deve deixar o Cruzeiro

Jogador que chegou no inicio da temporada está de saída da Toca

Sem espaço após novos reforços, Douglas Coutinho deve deixar o Cruzeiro
Douglas Coutinho pouco atuou com a camisa do Cruzeiro. (Foto: Washington Alves/LightPress)

As chegadas dos atacantes Rafael Sóbis e Ramón Ábila prometem não apenas acirrar ainda mais a briga por um lugar no ataque cruzeirense, como também provocar a saída daqueles que já não vinham recebendo tantas oportunidades para atuar. É o caso de Douglas Coutinho. Emprestado pelo Atlético-PR até o final do ano, o jogador já não vem tendo espaço na Raposa e perderá ainda mais oportunidades com os reforços para o ataque contratados. Pela negociação, o zagueiro Paulo André foi repassado ao time de Curitiba.

A diretoria celeste deseja a saída do atacante, até para reduzir o elenco. Com Ábila e Rafael Sóbis, o time celeste passará a ter seis atacantes disputando praticamente a mesma função em campo. Com propostas de um clube de Portugal, outro da França e também de uma equipe da Série A de São Paulo, o atacante deve buscar novos ares, conforme afirma o empresário do jogador, Taciano Pimenta.

"O jogador está treinando e aguardando uma oportunidade, mas existe a tendência à saída devido à chegada de reforços para a posição. Existem propostas vindas de Portugal, França e Séria A da São Paulo", confirmou o agente do atacante.

Uma reunião nos próximos dias entre Cruzeiro e a Doyen Sports, empresa que detém 65% dos direitos econômicos de Douglas Coutinho e viabilizou a negociação para a Toca da Raposa II, em janeiro, deverá acertar a saída do atleta.

Coutinho poderá até mesmo voltar ao Atlético-PR que detém 20% dos direitos econômicos do atleta. Porém, a tendência é que a Doyen Sports busque um novo clube para o jovem jogador, novamente por empréstimo. Oficialmente, a diretoria azul não comentou a situação do atacante e não confirmou à possibilidade de saída.

Contratado no início ano em uma troca por empréstimo com o Atlético-PR, que envolveu a ida do zagueiro Paulo André para o Furacão, Douglas Coutinho teve poucas oportunidades na Toca da Raposa. Com passagem pela base celeste, o atacante, em seu retorno ao clube mineiro, disputou 16 partidas, sendo apenas duas como titular, e marcou quatro gols.