Cruzeiro apresenta lateral-direito Ezequiel, ex-Criciúma

Jogador assina por três anos com a Raposa e é mais um reforço para o elenco de Paulo Bento

Cruzeiro apresenta lateral-direito Ezequiel, ex-Criciúma
Ezequiel sendo apresentado Cruzeiro. (Foto: Washington Alves/Lightpress/Cruzeiro)

A diretoria do Cruzeiro segue trabalhando na tentativa de qualificar o elenco para a sequência do Campeonato Brasileiro e Copa do Brasil. O novo reforço da Raposa, apresentado na manhã desta quinta-feira (14), é o lateral-direito Ezequiel, de 23 anos. O lateral falou sobre suas características dentro de campo e da enorme responsabilidade de jogar em um clube da série A do Campeonato Brasileiro.

“A principal característica do lateral brasileiro é atacar bastante, mas precisamos do equilíbrio, fechar a linha de quatro em alguns momentos. Estou pronto para fazer o que o treinador pedir. Jogar no Cruzeiro sempre tem pressão, principalmente quando os resultados não vêm. Precisamos estar sempre concentrados, preparados para fazer o que o treinador pedir. Tenho certeza que, desta forma, a torcida começará a apoiar”, disse

O jogador começou sua carreira no Criciúma, onde foi revelado e subiu para a equipe profissional em 2012, quando foi vice-campeão da Série B. No início de 2013, foi contratado por empréstimo pelo Braga, de Portugal, onde ficou apenas seis meses. Em julho daquele mesmo ano, voltou ao Criciúma. Um ano depois, em 2014, foi emprestado ao Oeste, do interior paulista, para a disputa da Série B, pelo qual também permaneceu por um curto período antes de voltar ao Criciúma, em janeiro de 2015. 

"Fui emprestado para o Braga aos 19 anos, pude aprender bastante, na parte tática. A comissão me passou alguma ideia da filosofia deles e isso me fez lembrar da passagem pelo Braga. Venho de uma temporada muito boa, fui eleito o melhor lateral do catarinense, vinha muito bem na série B, brigando pela parte de cima da tabela. Claro que tem a cobrança da torcida, mas quando entrar em campo vão me apoiar. Jogar no Cruzeiro sempre tem pressão, principalmente quando o resultado não vem. É trabalhar, fazer o que o treinador pedir, depois que o resultado positivo vier tudo mudaJá fiz mais de 30 partidas este ano, é só esperar a regularização que vou estar em condição de jogo", declarou Ezequiel. 

Ezequiel não poderá atuar pela Copa do Brasil, defendendo o Cruzeiro porque já jogou pelo Criciúma na competição. Mas ele garante que está pronto para estrear com a camisa celeste e diz estar motivado por uma boa temporada de 2016. "Estou preparado. Venho de uma temporada muito boa. Eu espero atender às expectativas da diretoria e ir bem no Cruzeiro. Fui eleito melhor lateral do catarinense e vinha fazendo uma boa Série B." finalizou.