Ramón Ábila mira vitória em sua primeira partida pelo Cruzeiro no Mineirão

Centroavante argentino volta ao Gigante da Pampulha, só que agora em definitivo e de azul buscando a classificação diante do Vitória, pela Copa do Brasil

Ramón Ábila mira vitória em sua primeira partida pelo Cruzeiro no Mineirão
Ábila em atuação contra o Fluminense, no último domingo (17), no Rio de Janeiro (Foto: Paulo Sergio/Light Press/Cruzeiro)

Esperado com expectativa pela torcida do Cruzeiro, o centroavante Ramón Ábila estreou diante do Fluminense, no domingo passado, em um jogo apático, onde o time não criou e consequentemente não marcou gols. Derrota por 2 a 0 e uma estreia longe daquelas que o torcedor esperava. Entretanto, nesta quarta-feira (20), o Cruzeiro recebe o Vitória, às 21h45, no Mineirão, em partida de volta válida pela terceira fase da Copa do Brasil. Será o primeiro encontro de Ábila com a torcida cruzeirense em casa e também a chance da equipe voltar a vencer.

Apresentado no início do mês, justamente em partida diante do Vitória, pelo Campeonato Brasileiro, o argentino acompanhou o jogo próximo aos mais de 40 mil torcedores presentes no estádio. Agora em campo, ele pretende vencer e agradar a exigente torcida. "Com gana de poder jogar com a torcida a favor no Mineirão, poder dar alegria, passar de fase na Copa do Brasil, que é uma competição importante. Vamos nos preparar para a partida. Esperamos jogar melhor, estar em um nível mais alto e poder mostrar o que a torcida espera”, disse.

Entre os que estrearam e os que fizeram a segunda partida, os cinco reforços cruzeirenses foram a campo no domingo, diante do Fluminense. Porém, o time ainda não desenvolveu um bom futebol e, para o atacante argentino, isso se deve ao pouco tempo para treinar junto. “A gente tem tentado o entrosamento nos jogos, já que não tem tido muito tempo nos treinamentos. Tem de estar preparado para o momento positivo e negativo. A equipe está muito unida no vestiário”, apontou.

Somando as duas competições nacionais, a Raposa marcou 25 gols e tomou 28. A situação fica pior se analisarmos somente os dados do Campeonato Brasileiro, onde a equipe tem um saldo negativo de sete gols. Quando não é a defesa falhando, muitas das vezes individualmente, é o ataque que desperdiça oportunidades claras de marcar. Para Ábila, no momento é necessário aprimorar ambos os setores do time. "É questão de voltar a trabalhar, seguir melhorando, esta parte defensiva e também a parte ofensiva, pois temos de melhorar as situações de gols nas competições", finalizou.

O último triunfo da equipe celeste foi exatamente diante do Vitória, por 2 a 1, na partida de ida realizada na quarta-feira (13). De lá até hoje, a Raposa soma duas derrotas em dois jogos, pelo Campeonato Brasileiro. Ganhar da equipe baiana foi uma das exigências da torcida organizada que compareceu ao CT do clube, na última segunda-feira, para cobrar atitude dos jogadores.

Quem vencer a partida desta quarta-feira avança para as oitavas de final da Copa do Brasil e aguarda sorteio para definição do próximo adversário. Além dos classificados desta fase, as oitavas conta também com os clubes brasileiros que disputaram a Copa Libertadores (Corinthians, Atlético-MG, Grêmio, São Paulo e Palmeiras), além do Internacional, melhor colocado fora do G-4 no Campeonato Brasileiro do ano passado.