Cruzeiro age rápido após demissão de Paulo Bento e anuncia acerto com Mano Menezes

Treinador, que teve rápida passagem pelo futebol chinês, retorna à Toca da Raposa depois de sete meses

Cruzeiro age rápido após demissão de Paulo Bento e anuncia acerto com Mano Menezes
Em 2015, Mano ficou de setembro até dezembro à frente do Cruzeiro (Foto: Matheus Adler/VAVEL Brasil)

A diretoria do Cruzeiro agiu rápido após demitir o contestado técnico Paulo Bento e fechou, na manhã desta terça-feira (26), a contratação de Mano Menezes. O anúncio da chegada do comandante foi divulgado no site oficial da Raposa, bem como nas redes sociais do clube.

Mano passava férias no Caribe com a esposa e iria retornar ao Brasil no dia 31. Contudo, o técnico antecipou sua volta após o vice-presidente do Cruzeiro, Bruno Vicintin, entrar em contato através de uma ligação logo depois do anúncio da queda de Paulo Bento. Antes de fechar com o time celeste, Mano havia recusado recentemente uma oferta para comandar o Internacional.

Mano Menezes é um velho conhecido da torcida celeste. O comandante treinou a equipe mineira no ano passado. Sucessor de Vanderlei Luxemburgo, assumiu o time em setembro e tirou o Cruzeiro da zona de rebaixamento. Em dezembro, porém, ele interrompeu seu trabalho na Toca da Raposa II para aceitar uma proposta milionária do Shandong Luneng, da China, e deixou a agremiação.

A passagem pelo futebol chinês, no entanto, foi rápida. O gaúcho acabou demitido do Shandong Luneng em junho deste ano. Em 11 jogos, o time asiático ganhou apenas dois jogos, empatou três e perdeu seis duelos. Ele deixou o clube na penúltima colocação da Superliga Chinesa, com nove pontos.

Agora, Mano Menezes terá a missão de tirar o Cruzeiro da zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro. Após a derrota para o Sport, por 2 a 1, no último domingo (24), no Mineirão, o clube mineiro passou a ocupar a vice lanterna do certame, com 15 pontos.

Em sua conta do Twitter, Mano celebrou o retorno ao Cruzeiro, exaltando o clube celeste: "Alô, torcida cruzeirense! Estou chegando! Que honra poder vestir o manto celeste do Cruzeiro outra vez!", escreveu o treinador.