Willian lamenta demissão de Paulo Bento, mas vislumbra mais uma parceria com Mano Menezes

Atacante da Raposa elogia profissionalismo do ex-treinador português, e relembra boa fase pessoal sob o comando do atual técnico celeste

Willian lamenta demissão de Paulo Bento, mas vislumbra mais uma parceria com Mano Menezes
Willian atua pelo Cruzeiro desde 2013, porém, sua melhor fase foi no comando de Mano Menezes (Foto: Matheus Adler/VAVEL Brasil)

O técnico Mano Menezes está de volta ao comando do Cruzeiro, e o primeiro atleta a falar oficialmente sobre o retorno do treinador, foi o atacante Willian. O camisa 9 celeste, que viveu boa fase sob a batuta do professor, na temporada passada, espera repetir a parceria de sucesso, que quase rendeu uma vaga na Libertadores da América para a Raposa.

A primeira passagem de Mano pelo Cruzeiro teve início em setembro do ano passado, na partida contra o Figueirense, no Mineirão. Naquela ocasião, Willian marcou quatro, dois cinco gols celestes na partida, contra apenas um do adversário. Agora, o Bigode espera repetir a dose, a base de muita dedicação e compromisso, tirando a equipe celeste da atual situação incômoda no Brasileirão.

"Ano passado a gente oscilou muito, mas com a chegada do Mano, me fortaleci bastante, até por jogar mais perto do gol, com liberdade, algo que o Deivid me colocou e o Mano manteve. Com a volta dele, espero que possa dar sequência, tenho trabalhado bastante. Algo que fico tranquilo é que sempre me esforço. Estamos nos entregando e honrando a camisa. Nunca irá faltar isso da minha parte e nem da dos meus companheiros. Queremos sempre nos fortalecer e sair dessa situação o mais rápido possível”, comentou Willian.

Por outro lado, o camisa 9 ainda não conseguiu desencantar na atual temporada. A escassez de gols, que teve início sob o comando de Deivid, estendendo ao técnico Paulo Bento, tem incomodado o jogador. No entanto, Willian garante que sua má fase pessoal, aliado com os maus resultados do Cruzeiro, não possuem relação com o treinador português, que demostrou profissionalismo durante sua passagem em Belo Horizonte.

“É difícil de responder. Acredito que o Paulo, junto com sua comissão, deu exemplo de profissionalismo. A gente fica triste, pois ninguém queria estar nessa situação. Da nossa parte nunca faltou empenho e nem dedicação, isso foi dito muitas vezes pelo próprio Paulo”, declarou Bigode.

Willian se sagrou artilheiro do Cruzeiro no Campeonato Brasileiro de 2015, sob o comando de Mano Menezes, marcando 11 gols.