Com Mineirão indisponível, Independência será a casa do Cruzeiro no mês de agosto

Gigante da Pampulha está entregue ao Comitê Olímpico Internacional (COI), para a realização dos Jogos Olímpicos; Última vez que a equipe celeste mandou seus jogos no Horto, foi em 2012

Com Mineirão indisponível, Independência será a casa do Cruzeiro no mês de agosto
(Foto: Site Oficial/Cruzeiro)

Devido à utilização do Mineirão para os Jogos Olímpicos, o Cruzeiro vai mandar os confrontos contra Internacional e Coritiba, na Arena Independência. O primeiro duelo acontece nesta quinta-feira (4), às 21h, pela 18ª rodada do Campeonato Brasileiro. Já a partida contra o Coxa, será realizada no dia 14, às 16h, já pelo segundo turno da competição.

O Cruzeiro já precisou mandar seus jogos no Independência, em 2012. Naquela ocasião, o Estádio Mineirão estava interditado para reformas. A equipe celeste alternou suas partidas entre o Horto e o Estádio Municipal de Varginha. Foram 13 partidas disputadas na Arena Independência, sendo seis vitórias, cinco derrotas e dois empates. Entre as partidas mais marcantes, está o empate contra o Atlético-MG, por 2 a 2, e a derrota para a equipe do Santos, por 4 a 0, com show de Neymar e aplausos da torcida cruzeirense pro jovem atacante. O Cruzeiro terminou o campeonato na nona colocação, com 52 pontos.

Retrospecto positivo e momentos parecidos

Contra o Internacional, o Cruzeiro defende um tabu de não perder para a equipe gaúcha em Minas Gerais pelo Campeonato Brasileiro desde 1987. Desde então, foram disputadas 23 partidas, com 15 vitórias do Cruzeiro, e oito empates. O último encontro entre as equipes aconteceu ano passado, a partida acabou empatada em 0x0, pela 19ª rodada.

O momento vivido pelas duas equipes é similar. Trocas de treinador, protestos da torcida e sequência negativa no campeonato são só alguns dos fatores que tornam a partida de quinta o famoso "jogo de seis pontos". O Cruzeiro não vence há seis jogos, sendo cinco derrotas e um empate, amarga a 19ª posição, venceu apenas uma partida em casa e recentemente trocou o comando do português Paulo Bento por Mano Menezes. Já o Internacional, não vence há nove jogos, são sete derrotas e dois empates, saiu das primeiras colocações e hoje ocupa a 13ª posição no campeonato. Por coinscidência, a equipe colorada também trocou de comando, Argel Fucks foi demitido e Paulo Roberto Falcão assumiu a equipe.

O jogo promete casa cheia e muita emoção. Já que as duas equipes precisam da vitória para uma reabilitação no campeonato. O confronto marca também o reencontro de Rafael Sóbis com o Internacional, clube que o revelou em 2004.