Cotado para substituir Willian, suspenso, Ramon Ábila reforça vontade de voltar a ser titular

Atacante recém-contratado vinha sendo titular desde sua estreia, mas começou o último jogo do Cruzeiro no banco de reservas

Cotado para substituir Willian, suspenso, Ramon Ábila reforça vontade de voltar a ser titular
Ramon Ábila estreou pelo Cruzeiro na 15º rodada, contra o Fluminense (Foto: Pedro Vilela/Light Press/Cruzeiro)

Com a suspensão de Willian por levar o terceiro cartão amarelo no jogo contra o Santos, Ramon Ábila terá a chance de voltar a ser titular na equipe do Cruzeiro, no jogo da próxima quinta-feira (4), contra o Internacional, após ter se mantido na posição desde sua estreia. Com a chegada de Mano Menezes, o gaúcho optou por Willian, e agora o argentino se coloca à disposição para começar jogando novamente, sem estipular em qual posição desejaria atuar.

O que a equipe necessitar [onde prefere jogar]. Se querem que eu jogue como 9 entre dois zagueiros ou se tenho que mover um pouco mais. Tenho é que finalizar bem e fazer gols. Se o técnico optar por algo, tenho que fazer. Vim para fazer gols, gosto de fazer gols, trabalho para isso, se a equipe necessita disso tenho que estar atento. E se precisar fazer outras coisas, espero ajudar”, disse Ábila.

A derrota por 2 a 0 para o Santos, na última rodada, marcou também o primeiro jogo da volta de Mano Menezes ao clube. No ano passado, o treinador já havia feito um grande trabalho de reação no Cruzeiro, onde tinha Willian como uma de suas principais peças. Recém-contratado, Ábila espera conquistar a escolha de Mano, revelando o assunto de uma conversa que teve com o treinador em seu primeiro treino com a equipe.

Falamos de como eu me sentia, como eu estava no Cruzeiro, da forma que ele pretende montar a equipe. Foi uma conversa muito boa, gostei bastante. Mano não me conhecia, nem eu o conhecia. O técnico decide quem joga e quem não joga. Temos que estar preparados sempre. Enfrentamos situações que fazem parte do trabalho. Espero fazer as coisas bem e mostrar no treinamento que possa ajudar o time dentro de campo”, declarou o argentino.

A má fase do Cruzeiro no Brasileirão, amargando a penúltima colocação com apenas 15 pontos, não escapou da análise de Ábila. Mas o argentino apontou o tempo que os restam como um alento para tentar a reabilitação na competição, já mirando o próximo jogo, contra o Inter.

Temos por sorte muitas partidas ainda. São benefícios para que possamos ganhar confiança e segurança. Esperamos que o jogo de quinta seja positivo. Vamos colocar em campo tudo o que o técnico quer e buscar um bom resultado”, completou Ábila.

Cruzeiro e Internacional se enfrentarão na quinta-feira (4), às 21h, no Estádio Independência.