Ariel Cabral volta a figurar entre os titulares um ano depois de sua chegada ao Cruzeiro

Sob comando de Mano Menezes, argentino foi um dos principais atletas na recuperação da Raposa na temporada passada; com a volta do treinador à equipe, ele reconquistou seu posto de titular no meio-campo celeste

Ariel Cabral volta a figurar entre os titulares um ano depois de sua chegada ao Cruzeiro
Foto: Pedro Vilela/Light Press/Cruzeiro

O meio-campista Ariel Cabral comemorou, nessa sexta-feira (5), um ano com a camisa do Cruzeiro. Ele foi anunciado como reforço celeste quando o técnico Vanderlei Luxemburgo ainda comandava a equipe, que passava por uma situação complicada no Campeonato Brasileiro daquela temporada. Pouco tempo depois, o treinador foi demitido e Mano Menezes assumiu o comando. O Cruzeiro voltou a jogar bem e se recuperou no torneio, tendo Cabral como uma das principais peças do time.

No final da temporada, Mano deixou a Raposa rumo à China e desde então nenhum técnico conseguiu se firmar. Um ano mais tarde, com a equipe vivendo um momento semelhante, ele retornou como a solução para essa fase. Ariel Cabral, que estava no ostracismo sob comando do técnico Paulo Bento, voltou a figurar entre os titulares. Já são dois jogos atuando durante os 90 minutos. A vitória, que não dava as caras há seis rodadas, voltou a aparecer na última, quando a equipe celeste bateu o Internacional, por 4 a 2.

O jogo começou dramático, mas o time conseguiu reverter o placar minutos depois. “Importante conseguir a vitória. Estávamos precisando ganhar. Os atacantes voltaram a fazer gols e nós ganhamos confiança para o próximo jogo, que será muito difícil. Tomar um gol com pouco tempo de jogo nos deixou um pouco desesperado. Mas a equipe mostrou caráter, paciência e futebol. Sabíamos que poderíamos ganhar. Isso nos ajudou a conquistar a virada”, disse.

Entretanto a equipe mineira vai precisar de mais do que o último resultado para se recuperar na competição. A confiança adquirida com o triunfo deverá ser intensa para o próximo confronto, nesta segunda-feira (8), às 21h, diante do Corinthians, no Pacaembu, em São Paulo. A equipe paulista ocupa a terceira posição com a mesma pontuação do líder Santos e está invicta jogando em casa. Para o meio-campista será necessário reduzir os espaços do adversário para que o Cruzeiro volte para Belo Horizonte com um bom resultado.

“Tratar de estar compacto, com boa posse de bola. Fazer gols e não descuidar atrás. O Corinthians é uma equipe que está na parte de cima da tabela, joga bem e é forte. Manter a compactação e ajustar algumas falhas que tivemos, pois é algo normal neste processo. Com o tempo vamos assimilar o que o técnico quer. Que a torcida nos ajude muito nisso”, enfatizou.

E claro que o jogador não deixou de comentar sobre a capital mineira, que é sua casa desde que veio para o Brasil. “Me senti muito bem com as pessoas daqui e com o tratamento dentro e fora do Cruzeiro. As pessoas de Belo Horizonte são bem confortáveis, amigáveis. Sempre vou me sentir em casa aqui. A família está bem aqui. As crianças falam português melhor que eu. Estou feliz. O Cruzeiro me abriu as portas e eu estou confiante que posso crescer como pessoa e dentro de campo”, finalizou.

Anunciado no dia 5 de agosto de 2015, Cabral estava sem atuar desde o mês de março daquele ano, quando foi dispensado do Vélez Sársfield-ARG. Ele estreou com a camisa celeste no empate por 0 a 0, diante do Internacional, no Mineirão, em jogo válido pela 19ª rodada do Brasileirão de 2015. Seu primeiro e único gol pelo Cruzeiro foi marcado nesta temporada, na vitória por 3 a 0, diante do Uberlândia, pelo Campeonato Mineiro. O argentino tem contrato com a Raposa até o fim de 2018.