Cruzeiro e Coritiba iniciam returno do Brasileirão com empate eletrizante no Independência

Raposa sai na frente, vê Coxa reagir na partida, mas iguala o resultado na segunda etapa; mineiros seguem na zona de rebaixamento, enquanto paranaenses permanecem fora da lista dos quatro últimos

Cruzeiro e Coritiba iniciam returno do Brasileirão com empate eletrizante no Independência
Foto: Pedro Vilela/Light Press
Cruzeiro
2 2
Coritiba
Cruzeiro: Fábio (Min. 34, Lucas França, 1ºT); Ezequiel, Bruno Rodrigo, Manoel e Edimar; Henrique, Robinho e Rafinha; Arrascaeta (Min. 22, Willian, 2ºT), Rafael Sóbis e Ramón Ábila. Técnico: Mano Menezes
Coritiba: Wilson; Dodô, Luccas Claro, Nery e Juninho; Amaral, Edinho, Juan e Raphael Veiga (Min. 45, Fábio Braga, 2ºT); Kazim (Min. 21, Vinícius, 1ºT) e Neto Berola (Min. 12, Guilherme Parede, 2ºT) Técnico: Paulo César Carpegiani
Placar: 1-0, Min. 02, Rafinha, 1ºT; 1-1, Min. 20, Kazim, 1ºT; 1-2, Min. 27, Juan, 1ºT; 2-2, Min. 04, Ábila, 2ºT
ÁRBITRO: Jailson Macedo Freitas, auxiliado por Alessandro A Rocha de Matos e Elicarlos Franco de Oliveira. Cartões amarelos: Ezequiel e Robinho (Cruzeiro); Luccas Claro, Edinho, Guilherme Parede e Amaral (Coritiba)
INCIDENCIAS: Partida válida pela 20ª rodada do Campeonato Brasileiro, disputada no Estádio Independência, em Belo Horizonte/MG.

Cruzeiro e Coritiba entraram em campo, na tarde deste domingo (14), no Estádio Independência, pela primeira rodada do returno do Campeonato Brasileiro. A briga pela vitória durante os 90 minutos foi ferrenha e o duelo terminou empatado em 2 a 2, com gols de Rafinha e Ábila pela Raposa, enquanto Kazim e Juan marcaram a favor do Coxa.

O único ponto conquistado não tirou o Cruzeiro da zona de rebaixamento. A Raposa segue na 18ª posição, com 20 pontos ganhos. Na próxima rodada, a equipe celeste irá enfrentar o Figueirense, no domingo (21), às 18h30, no Orlando Scarpelli, em Florianópolis. Os catarinenses estão em 17º lugar, ou seja, será uma partida importante para o rumo das duas equipes na competição.

Já para o Coritiba, o resultado foi importante, já que o ponto impediu a entrada do time no Z-4. O Coxa, no entanto, está em 16º lugar, com 22 pontos. Agora, os comandados do técnico Paulo César Carpegiani recebem o Santos, no domingo, às 18h, no Couto Pereira.

Cruzeiro começa avassalador, mas sofre virada do Coritiba

A Raposa levou a sério o mando de jogo e começou indo para cima do Coxa. Com um minuto de jogo, os mineiros já haviam tentado atacar. Com dois, saiu o primeiro gol da partida, quando Arrascaeta cruzou da esquerda, na medida para Rafinha, que vinha atrás do marcador, empurrar de cabeça para o fundo das redes e marcar seu primeiro tento com a camisa celeste.

Aos oito minutos, o atacante Kazim e o goleiro Fábio se chocaram dentro da área. O arqueiro celeste levou a pior, após torcer o joelho, sendo substituído instantes depois por Lucas França. O centroavante turco também saiu da partida logo depois, dando lugar para Vinícius. Mas antes de sair, o jogador deixou sua marca na partida, quando aproveitou escanteio cobrado por Raphael Veiga, contando com desvio no meio do caminho. Após garantir o empate do Coxa, Kazim deixou o duelo.

Aos 26 minutos, Bruno Rodrigo cometeu falta em Neto Berola, que vinha fazendo bela jogada individual. Na cobrança da infração, Juan mandou no ângulo direiro de Fábio, que não teve chance. Após a virada, o Coritiba se fechou, obrigando o Cruzeiro a investir em cruzamentos e lançamentos. Um deles quase surtiu efeito. Aos 38, Arrascaeta tentou encontrar Ábila, mas o atacante argentino por pouco não chegou na bola para mandá-la ao gol. Dois minutos depois, o Coxa deu a resposta com Dodô, que tentou achar o ângulo de Lucas França, mas mandou para fora. 

Foto: Site Oficial / Coritiba F. C
Foto: Site Oficial / Coritiba F. C

No ataque x defesa, Cruzeiro leva a melhor e encontra o empate

No primeiro minuto da etapa complementar, Ábila quase alcançou a bola cruzada por Rafael Sóbis, ligando o alerta na zaga do Coxa. Mas, nem todos compreenderam o perigo. No lance seguinte, em mais uma jogada de Sóbis com Ábila, o argentino aproveitou o rebote de Wilson e mandou para o fundo das redes.

Aos 15, Arrascaeta apareceu bem e cruzou na área. A bola se ofereceu para entrar no gol, mas acabou passando por todos. Já aos 37 minutos, Ezequiel achou muito bem Willian na segunda trave, mas o camisa 9 cabeceou para baixo. A bola saiu tirando tinta da trave da meta de Wilson. No lance seguinte, o atacante apareceu muito bem novamente, limpando o marcador dentro da área. No entanto, o arremate saiu fraco, no meio do gol, ficando fácil para o goleiro do Coritiba.

Foto: Pedro Vilela/Light Press
Foto: Pedro Vilela/Light Press