Otimista na recuperação do Cruzeiro, Alisson celebra volta ao time após mais de um mês parado

Meio-campo da Raposa agradece profissionais do departamento médico celeste e pede foco da equipe visando ascensão na temporada

Otimista na recuperação do Cruzeiro, Alisson celebra volta ao time após mais de um mês parado
Alisson ainda não atuou na segunda passagem de Mano Menezes pelo Cruzeiro (Foto: Divulgação/Cruzeiro)

Após mais de um mês indisponível por causa de uma lesão no músculo posterior da coxa direita, o meio-campo Alisson vira uma opção ofensiva para o técnico Mano Menezes. O camisa 11, que atuou pela última vez no triunfo sobre o Vitória, por 2 a 1, no dia 6 de julho, pela Copa do Brasil, celebra o retorno aos gramados agradecendo aos profissionais do departamento médico celeste.

“Primeiramente, estou feliz pela temporada que eu vinha fazendo. Já tinha um ano e pouco que não sofria uma lesão muscular, então só tenho que agradecer a todos aqui do Cruzeiro, fisioterapeutas, médicos, fisiologistas e preparadores físicos. Quero agradecê-los também por esse tempo que estive com eles há pouco. Estou contente por estar retornando aos trabalhos. Agora é ir progredindo. Vou fazer de tudo para voltar no momento certo e ajudar o Cruzeiro”, declarou o meia.

Agora, Alisson espera ajudar efetivamente na ascensão do Cruzeiro na temporada. Mas, mesmo de fora, já pôde sentir a crescente da equipe, principalmente, após a troca do comando técnico. O meio-campo, inclusive, almeja até a conquista da Copa do Brasil.

“A gente sabe que o nosso time tem feito grandes jogos nessas últimas rodadas, infelizmente não veio a vitória em todos. Estamos em uma crescente muito boa e iremos crescer ainda mais com o Mano e a sua comissão. Não tenho dúvidas de que daqui a pouco o Cruzeiro estará onde merece no Brasileiro e, quem sabe, brigando pelo título da Copa do Brasil também”, colocou Alisson.

No entanto, o camisa 11 pede foco por parte do elenco, tratando cada partida no Campeonato Brasileiro como uma decisão. 

“Precisamos manter o foco. Primeiramente temos que pensar em sair dessa situação, que é uma colocação onde o Cruzeiro não merece estar. É um dos poucos clubes que nunca caíram para a série B e tenho certeza que nunca irá cair, pela grandeza do Cruzeiro. As vitórias começarão a acontecer novamente e iremos almejar coisas novas ainda neste ano”, concluiu.