Cruzeiro recebe Botafogo visando sétimo jogo de invencibilidade no Campeonato Brasileiro

Raposa põe série invicta de Mano Menezes em terceira partida contra o Alvinegro na temporada, que também busca aproveitar boa fase na competição

Cruzeiro recebe Botafogo visando sétimo jogo de invencibilidade no Campeonato Brasileiro
Foto: Vítor Silva/SSpress/Botafogo
Cruzeiro
Botafogo
Cruzeiro: Rafael; Lucas, Bruno Rodrigo, Manoel e Edimar; Henrique e Ariel Cabral; Robinho, Arrascaeta e Rafael Sobis; Ramón Ábila. Técnico: Mano Menezes
Botafogo: Sidão, Diego, Carli, Emerson Silva (Emerson) e Diogo Barbosa; Bochecha (Victor Luis ou Dierson), Bruno Silva, Dudu Cearense e Camilo; Neilton e Sassá. Técnico: Jair Ventura
ÁRBITRO: Rafael Traci, auxiliado por Bruno Boschilia e Luciano Roggenbaum
INCIDENCIAS: Partida válida pela 23ª rodada do Campeonato Brasileiro, a ser disputada neste domingo (11), às 16h, no Estádio Mineirão, em Belo Horizonte/MG.

Botafogo e Cruzeiro se enfrentam nesse domingo (11), às 16h, pela 24ª rodada do Campeonato Brasileiro Série A, no Mineirão. Ambas as equipes vêm embaladas pelos últimos resultados na competição. O resultado não só garante os três pontos como assegura a ascensão na tabela.

O Alvinegro vem embalado pela vitória no clássico contra o Fluminense, por 1 a 0, diante de sua torcida, na Arena Luso Brasileira. Dos últimos 5 cincos jogos a equipe carioca venceu 4, e atualmente ocupa a 10ª posição na tabela de classificação, com 32 pontos conquistados.

A Raposa também vem de triunfo. Na última quinta-feira (8), a equipe celeste venceu o América-MG, por 2 a 0. A equipe comandada por Mano Menezes comemora boa fase e já soma seis jogos sem perder na Série A, além do duelo contra o próprio Botafogo, na Copa do Brasil. O Cruzeiro ocupa a 12ª posição, com 29 pontos ganhos.

Os últimos dois confrontos entre as duas equipes no ano, o time mineiro levou a melhor, venceu pelo placar de 1 a 0, no primeiro turno do Brasileirão; já pela Copa do Brasil, em jogo de ida, goleou os cariocas por 5 a 2 na casa do adversário. A arbitragem da partida fica por conta do trio Paranaense Rafael Traci, aspirante à Fifa; auxiliado por Bruno Boschilia (Fifa) e Luciano Roggenbaum, também aspirante à Fifa.

Edimar e Rafael Sóbis retornam à titularidade do Cruzeiro

O técnico Mano Menezes comandou um coletivo na manhã deste sábado (10), onde treinou bolas paradas e marcação alta sob pressão. As novidades foram a presença de Edimar, que retornou após um exame de imagem não constatar lesão na coxa esquerda, e a volta de Rafael Sóbis, que cumpriu suspensão no último jogo; o atacante retorna a equipe no lugar de Rafinha. Mano mantem a escalação da vitória contra o América-MG da rodada anterior.

O provável time deve ser: Rafael; Lucas, Bruno Rodrigo, Manoel e Edimar; Henrique, Ariel Cabral; Robinho, Arrascaeta e Sóbis; Abila.

Com desfalques, Jair Ventura não revela a escalação

O técnico Jair Ventura encontra dificuldades para escalar o time para o jogo contra o Cruzeiro. Além dos já lesionados Jefferson, Lindoso, Fernandes e Luis Ricardo – todos já no departamento médico – o volante Airton ainda sente dores na coxa, desde o clássico contra o Fluminense e segue como dúvida para enfrentar os mineiros. Os possíveis substitutos para o lugar do volante são Dierson ou Gustavo. A novidade fica por conta da manutenção do volante Dudu Cearense no time titular; o jogador foi poupado da atividade de sexta, mas está escalado.