Mano aprova atuação do Cruzeiro e jogadores comemoram sequência de vitórias em casa

Comandante celeste se mostrou satisfeito com o resultado mas pediu pé no chão; Sóbis e Léo destacaram as duas últimas vitórias no Mineirão

Mano aprova atuação do Cruzeiro e jogadores comemoram sequência de vitórias em casa
Mano Menezes elogiou seu grupo, mas pediu calma a torcida (Foto: Yuri Edmundo / Light Press / Cruzeiro)

Após o triunfo sobre a Ponte Preta, por 2 a 0, neste sábado (8), Mano Menezes celebrou a melhora do Cruzeiro no Brasileiro, destacando o momento de crescimento, mas pediu calma ao torcedor e jogadores. “Me perguntaram o que garantia que o Cruzeiro ia melhorar, se o que estava sendo visto não era isso. Eu disse que a produção da equipe, a maneira que estava se comportando, me fazia acreditar que teríamos desempenho melhor”, disse Mano Menezes.

O comandante da raposa destacou o comportamento de seus comandados na construção da vitória de 2 a 0 sobre a Ponte. Para o treinador celeste, o comprometimento de toda a equipe foi a chave para mais um triunfo jogando em casa, que serviu para aliviar a situação do time no Campeonato Brasileiro.

“Não temos possibilidade de adiamento. Não dá para deixar para depois e não depender de ninguém que não seja da gente. Os jogadores estão entendendo isso. O comprometimento de todos com a questão tática foi 100%. Se olharmos os jogadores de lado, que foram Sóbis e Rafinha, eles voltaram em quase todas as bolas para nos ajudar a defender. Nosso time estava um pouco mais solto e seguro. Essa segurança me agrada muito, porque ela nos ajuda a evoluir. Só vamos render mais em cima de uma segurança maior”, pontuou o treinador.

Jogadores comemoram melhora no rendimento no mineirão

Um dos destaques do jogo, Sóbis comemorou o objetivo alcançado (Foto: Yuri Edmundo / Light Press / Cruzeiro)
Um dos destaques do jogo, Sóbis comemorou o objetivo alcançado (Foto: Yuri Edmundo / Light Press / Cruzeiro)

O atacante Rafael Sóbis, que deu assistência para o primeiro gol da equipe azul, enfatizou a apresentação sólida da equipe. “A Ponte é um adversário muito difícil. Uma equipe bem postada, que sabe bem o que faz em campo e tem um bom treinador. Eles não conseguiram dar um chute ao gol, o que valoriza ainda mais nossa atuação. Mais um passo importante para a conquista do nosso objetivo”, disse o camisa 7.

Já o experiente zagueiro Léo atentou para o fato da equipe não tomar gols pelo segundo jogo consecutivo. “O nosso objetivo era conquistar os seis pontos dentro de casa. Graças a Deus conseguimos e não tomamos gols. Isso dá uma confiança e uma força a mais para que, jogo a jogo, consigamos alcançar nosso objetivo. Agora é traçar uma nova meta porque temos um jogo fora e outro em casa na sequência”, projetou.