Cruzeiro e Santos se enfrentam no Mineirão mirando ascensão na tabela

Campeonato ainda não acabou para ambos os clubes; alvinegro vice-líder vai até Belo Horizonte para um dos capítulos finais da busca pelo título, enquanto Raposa quer manter viva a chance de alcançar o G-6

Cruzeiro e Santos se enfrentam no Mineirão mirando ascensão na tabela
Foto: Daniel Vorley/Light Press/Cruzeiro
Cruzeiro
Santos
Cruzeiro: RAFAEL; LUCAS ROMERO, BRUNO RODRIGO, MANOEL, BRYAN; HENRIQUE, ARIEL CABRAL, ROBINHO; ALISSON, ARRASCAETA E WILLIAN (RAMÓN ÁBILA). TÉCNICO: MANO MENEZES.
Santos: VANDERLEI; VICTOR FERRAZ, FABIÁN NOGUERA, DAVID BRAZ E ZECA; THIAGO MAIA, RENATO, LUCAS LIMA E VITOR BUENO; COPETE E RICARDO OLIVEIRA. TÉCNICO: DORIVAL JÚNIOR.
ÁRBITRO: HEBER ROBERTO LOPES (SC), AUXILIADO POR KLEBER LUCIO GIL (SC) E CARLOS BERKENBROCK (SC).
INCIDENCIAS: JOGO VÁLIDO PELA 36ª RODADA DO CAMPEONATO BRASILEIRO DE 2016, A SER REALIZADO NESTE DOMINGO (20), ÀS 17H, NO MINEIRÃO, EM BELO HORIZONTE/MG.

Cruzeiro e Santos se encontram na tarde deste domingo (20), às 17h (de Brasília), no Mineirão, em Belo Horizonte, para mais um jogo decisivo da reta final do Campeonato Brasileiro de 2016. O duelo é válido pela 36ª rodada da competição e coloca frente a frente equipes em situações opostas, mas que ainda têm pretensões com os últimos pontos em disputa.

Enquanto o Peixe é vice-líder, com 67 pontos, e luta pelo título, a Raposa, 11ª na tabela com 47 pontos, está livre da disputa contra o rebaixamento e ainda com chances remotas de classificação à Copa Libertadores. A vitória interessa ambos os lados. Para o Santos, ela o deixa firme na corrida pelo título. Uma derrota pode culminar na conquista antecipada do Palmeiras, dependendo de uma combinação de resultados.

Com o principal objetivo alcançado, que era eliminar as possibilidades de descenso à Série B, o Cruzeiro entra em campo nas últimas três rodadas almejando uma vaga na Libertadores de 2017. Uma tarefa árdua, que não depende somente do time, mas de uma combinação de resultados. Sete times lutam por duas vagas. No momento, o time celeste é o pior colocado desse grupo.

Na rodada passada, ambas as equipes garantiram os três pontos. Jogando em casa, o Santos derrotou o Vitória, por 3 a 2. Apesar do placar com apenas um gol de diferença, a vitória do alvinegro foi com base em um jogo sólido, sendo que o segundo gol do adversário veio somente nos minutos finais do jogo. O Cruzeiro, por sua vez, visitou o Sport e venceu por 1 a 0.

Este será o segundo confronto entre as equipes na temporada. O primeiro foi em jogo válido pela 17ª rodada, realizado na Vila Belmiro. Quem se deu melhor foi o time da casa, que venceu por 2 a 0. Vitor Bueno, que será titular neste domingo, e Lucas, jogando contra o patrimônio, marcaram os gols da partida. Na ocasião, Mano Menezes fez sua reestreia no comando técnico do Cruzeiro.

Raposa conta com volta de peças importantes para enfrentar o Peixe

O time celeste tem novidades para o jogo deste domingo. O zagueiro Bruno Rodrigo se recuperou de uma tendinite no joelho e foi liberado pelo departamento médico. No entanto, a volta mais aguardada é a do meia Robinho, vetado devido uma lesão no músculo adutor da coxa esquerda. Ele está relacionado para a partida desta tarde.

O atacante Alisson cumpriu suspensão na última rodada, por causa do terceiro cartão amarelo, e está de volta à equipe para ser titular neste domingo, uma vez que Rafael Sóbis está suspenso e não joga diante do Santos. Ele recebeu seu terceiro cartão amarelo no jogo da última quarta-feira, diante do Sport, em Recife. Do time que jogou no meio de semana, Sóbis é a única baixa.

Para Alisson, a busca pelos três pontos perpassa na necessidade de reduzir os espaços do adversário. “Sabemos que o Santos é uma equipe de muita qualidade e vem demonstrando isso no Campeonato Brasileiro. É um time muito técnico, que trabalha bastante a bola e tem jogadores na frente que decidem. Temos que tomar o máximo de cuidado possível e encurtar a marcação para que não possamos dar espaço para eles”, alertou.

Mano Menezes exalta o trabalho realizado pela equipe santista na competição e admite potencial celeste para vencer neste domingo. “O trabalho do Dorival tem sido exemplar e o Santos continua disputando o título faltando pouco para o campeonato terminar. É mérito do trabalho, do grupo de jogadores dele, e temos que mostrar para nosso adversário que nós realmente melhoramos, que estamos jogando um futebol mais convincente e competitivo, e só assim poderemos vencê-los”, disse.

Na corrida pelo título, David Braz é a novidade diante do Cruzeiro

O alvinegro praiano entra em campo neste domingo com apenas uma mudança em relação à equipe que venceu o Vitória, na última quinta-feira. O zagueiro David Braz entra na zaga no lugar de Yuri. David volta ao time titular depois de cumprir suspensão na rodada passada. Já o volante Yuri, que foi improvisado na zaga diante da equipe baiana, recebeu o terceiro cartão amarelo e está fora do confronto de logo mais.

Em entrevista concedida ao canal ESPN Brasil, o experiente meia Renato destacou que conhece as pretensões do técnico cruzeirense e por isso espera um jogo acirrado no Mineirão. “É um jogo complicado e difícil aqui. O Mano já falou que quer uma classificação melhor para o Cruzeiro, então a gente sabe que vai encontrar muita dificuldade, mas a gente espera fazer um bom jogo e conseguir a vitória e depois torcer contra o Palmeiras”, disse.