Às vésperas de confronto diante do Grêmio, Ezequiel analisa sequência difícil do Cruzeiro

Lateral-direito da Raposa esteve afastado por mais de dois meses, período em que tratou de um desgaste muscular e um incômodo no quadril; ele voltou a ficar disponível na quinta rodada do Brasileiro

Às vésperas de confronto diante do Grêmio, Ezequiel analisa sequência difícil do Cruzeiro
Foto: Washington Alves/Cruzeiro

Depois de enfrentar o Corinthians, líder do Campeonato Brasileiro, o Cruzeiro dá sequência ao Brasileirão com um confronto diante do Grêmio, equipe que, inclusive, pode chegar à ponta da tabela caso vença a Raposa. O jogo contra o time gaúcho acontece nesta segunda (19), às 20h, em partida que encerra a oitava rodada, e o lateral celeste Ezequiel analisou essa sequência complicada contra times de cima.

"O Campeonato Brasileiro é assim, sai de um jogo difícil, tem outro ainda. Não podemos reclamar, temos que trabalhar, concentrar bem, analisar o time deles, porque precisamos voltar a somar pontos nesta segunda-feira. Em casa temos que tomar conta do jogo, vamos sair com a vitória, tivemos tempo para nos prepararmos para fazer um grande jogo", comentou.

Após enfrentar o Grêmio, a sequência da Raposa terá Ponte Preta (8ª), Coritiba (3º), Palmeiras (jogo de ida das quartas de final da Copa do Brasil), clássico contra o Atlético-MG (15º) e novamente o Palmeiras -   desta vez pelo Brasileiro. De frente para essa série dura de compromissos pelos torneios nacionais, o lateral vem de mais de dois meses afastado devido a um desgaste muscular e um incômodo no quadril.

"Temos uma sequência forte, e fiquei um bom tempo parado. É complicado voltar numa sequência intensa, mas estou me sentindo bem. Estou totalmente recuperado e aos poucos  vou recuperar a minha melhor forma", finalizou Ezequiel, que retornou ao time no jogo contra o Bahia, pela quinta rodada.

Atrás apenas do Avaí, o Cruzeiro é dono do segundo pior ataque do campeonato até então. Foram cinco gols marcados em sete jogos, e Ezequiel apontou que também é dever da defesa colaborar com esse quesito. 

"Não só ó ataque que faz gols, temos que ajudar também a fazer os gols, temos que buscar o equilíbrio e voltar a marcar. Nossa equipe vem desempenhando um grande futebol, alguns resultados não foram bons, e merecíamos um resultado melhor em algumas partidas. Todo mundo oscila um pouco no campeonato. Temos que buscar uma boa sequência de vitórias", declarou.

Uma vitória para a Raposa pode significar até um quarto lugar ao fim desta rodada - o Cruzeiro está na 14ª posição. Triunfos com um gol de diferença deixam a equipe na quinta colocação, ao passo que placares favoráveis ao clube celeste com diferença de dois gols ou mais garantem a ele o quarto lugar.