Thiago Neves exalta agressividade do Cruzeiro diante do Grêmio: "É assim que a gente tem que ser"

Meia destaca qualidade da equipe gaúcha e afirma que time cruzeirense 'está de parabéns' após buscar empate no Mineirão; Diogo Barbosa vê Raposa evoluindo

Thiago Neves exalta agressividade do Cruzeiro diante do Grêmio: "É assim que a gente tem que ser"
Thiago Neves participou de dois gols do Cruzeiro no empate com o Grêmio (Foto: Pedro Vilela/Getty Images)

Em um segundo tempo eletrizante, o Cruzeiro buscou o empate diante do Grêmio, na noite desta segunda-feira (19), no Mineirão, pelo encerramento da oitava rodada do Campeonato Brasileiro. A Raposa chegou a estar duas vezes em desvantagem no placar, mas alcançou a igualdade no segundo tempo, e a partida terminou em 3 a 3.

Autor de um gol e uma assistência – para o tento de Rafael Sóbis –, o meia Thiago Neves exaltou a postura ofensiva do Cruzeiro. O camisa 30 classificou o Grêmio como a melhor equipe do certame, exaltou o incentivo dos torcedores durante o duelo e admitiu que o time celeste poderia ter conquistado os três pontos não fosse equívocos defensivos.

É assim que a gente tem que ser dentro de casa”, bradou. “Ser agressivo o tempo inteiro, ainda mais jogando com um time de qualidade, de toque de bola; na minha opinião, o melhor time do campeonato. Hoje a equipe está de parabéns. A torcida apoiou. Eu acho que nós poderíamos ter vencido o jogo se não tivéssemos cometidos algumas falhas na bola parada. Mas está de parabéns pelo empenho, por ter corrido atrás o tempo inteiro e por ter conseguido o empate”, avaliou Thiago Neves

Outro atleta que aprovou o empenho do Cruzeiro foi o lateral-esquerdo Diogo Barbosa. Segundo o defensor, a equipe mineira está progredindo na temporada, e o resultado obtido na noite desta segunda-feira é uma prova disso.

São duas grandes equipes. O Grêmio vinha muito bem. Sabíamos que seria uma partida difícil. O resultado que nós queríamos era a vitória, mas, pelas circunstâncias da partida, valeu esse um ponto. O time está evoluindo. A gente saiu atrás no placar, um placar difícil de ser revertido. O time mostrou superação, conseguiu esse empate, que vale muito pelas circunstâncias da partida. Tentamos a virada no final, não deu”, analisou o camisa 6.

Oitavo colocado na tabela do Brasileirão, o Cruzeiro inicia a preparação visando ao duelo contra a Ponte Preta, quinta-feira (22), às 19h30, no Moisés Lucarelli, em Campinas/SP, valendo pela nona rodada do certame.


Share on Facebook