Com ausência de Diogo Barbosa, Bryan vive expectativa de ser titular do Cruzeiro contra Vasco

Camisa 6 da Raposa recebeu o terceiro cartão amarelo e está suspenso do próximo compromisso, diante da equipe carioca

Com ausência de Diogo Barbosa, Bryan vive expectativa de ser titular do Cruzeiro contra Vasco
Bryan deve começar jogando na quinta-feira, no Rio de Janeiro (Foto: Washington Alves/Cruzeiro)

Pouco aproveitado na equipe principal desde que chegou ao Cruzeiro, em 2016, o lateral-esquerdo Bryan pode ter mais uma oportunidade atuando na sua posição de origem, na próxima quinta-feira (3), quando o Cruzeiro enfrentará o Vasco da Gama, em partida válida pela 18ª rodada do Campeonato Brasileiro 2017. O jogo está marcado para as 20h, no Estádio Raulino de Oliveira, em Volta Redonda/RJ.

A possibilidade de começar jogando nesta partida veio no último domingo (30), após o empate por 0 a 0, diante do Vitória, no Mineirão. Diogo Barbosa, dono da posição, recebeu o terceiro cartão amarelo, já nos minutos finais do jogo, e está suspenso do compromisso no Rio de Janeiro. Bryan se diz preparado para cumprir a função e aguarda a decisão do técnico Mano Menezes.

“Sou um cara que sempre me cobro muito. Quando temos a oportunidade, temos que agarrar. É preciso mostrar que estamos prontos sempre quando o professor precisar. O Diogo vem muito bem, não há nem o que falar dele. Agora, quinta-feira, se o Mano me der oportunidade, vou tentar fazer o meu melhor e ajudar a equipe”, disse.

Sem poder atuar no Estádio São Januário, devido à punição pela confusão após o clássico diante do Flamengo, na 12ª rodada, o Vasco vai mandar alguns dos seus jogos no Raulino de Oliveira. A ‘casa’ vascaína traz boas recordações à Raposa, pois foi lá que, no início da temporada, a equipe iniciou a campanha na Copa do Brasil, ao vencer o Volta Redonda, por 2 a 1, com gols de Alisson e Robinho.

Para Bryan, o Cruzeiro deve se impor mesmo distante do seu domínio. “Independente do local da partida, precisamos estar fortes para fazermos um bom jogo contra o Vasco. Já jogamos em Volta Redonda neste ano, onde conseguimos nos classificar na primeira fase Copa do Brasil. Agora é trabalhar para chegarmos bem e buscarmos um bom resultado na quinta-feira”, afirmou.

O lateral atuou duas vezes pela competição nacional, na derrota, por 1 a 0, diante da Ponte Preta, e no empate, por 1 a 1, contra o Fluminense, ambos fora de casa. A equipe celeste não vence há quatro jogos e ocupa a nona posição na tabela, com 23 pontos, em 17 rodadas.


Share on Facebook