Afastado do Cruzeiro por lesão, Dedé desabafa em redes sociais: "Não estou acomodado"

Zagueiro celeste lesionou os dois joelhos de 2015 para cá, sendo o esquerdo o que o tirou dos gramados em junho

Afastado do Cruzeiro por lesão, Dedé desabafa em redes sociais: "Não estou acomodado"
Dedé entrou em campo contra o São Paulo, ainda na primeira fase da Copa do Brasil (Foto: Pedro Vilela/Getty Images)

Afastado do Cruzeiro para se recuperar de uma lesão, o zagueiro Dedé usou suas redes sociais na manhã desta terça-feira (1º) para fazer um desabafo. O defensor está em fase de tratamento devido a um edema ósseo no joelho esquerdo e afirmou, em mensagem direcionada ao torcedor da Raposa, que não está 'acomodado' com a situação. 

"Só quero deixar bem claro que eu não estou e nem nunca fui acomodado. Infelizmente veio esta lesão em um retorno onde estava me sentindo tão bem, tanto jogando, quanto de lesões. Cada dia que estava treinando eu achava que nunca mais teria uma lesão, mas infelizmente tive e está sendo muito difícil para mim", disse o camisa 26, por meio de sua conta no Instagram.

Depois da conquista do bicampeonato brasileiro com o clube celeste, Dedé enfrentou problemas seríssimos com uma lesão no joelho direito. Ele ficou toda a temporada de 2015 sem jogar e retornou em 2016, mas parou novamente em fevereiro do mesmo ano. A volta do defensor ocorreu apenas em 2017, mais de um ano depois.

No entanto, de tanto forçar o joelho esquerdo, uma vez que o direito lhe causou tantos incômodos, lesionou-o em junho ao sofrer um edema ósseo. Desde então, Dedé se recupera junto ao departamento médico do Cruzeiro, tendo participado de apenas sete partidas na atual temporada.

Confira a mensagem do zagueiro celeste na íntegra:

"Bom dia a todos!

Eu sei que muitos torcedores não entendem e também sei que não vão ligar, mas eu deixo minha mensagem aqui para aqueles que acham que estou feliz em tratamento e pensam que não quero voltar. Só quero deixar bem claro que eu não estou e nem nunca fui acomodado. Infelizmente veio esta lesão em um retorno onde estava me sentindo tão bem, tanto jogando, quanto de lesões. Cada dia que estava treinando eu achava que nunca mais teria uma lesão, mas infelizmente tive e está sendo muito difícil para mim. Estou tentando voltar. Sei que muitos torcem e por isso agradeço pelo carinho e torcida. 

Só esclarecendo o que quero muito e o que penso. E vamos para mais um dia de luta. E independente do que aconteça, nenhuma dor me fará desistir, pelo contrário, me deixará ainda mais forte.
"