Dono do apito: Marcelo Aparecido de Souza será o árbitro de Flamengo e Cruzeiro

Paranaense Rodolpho Toski Marques era a outra opção em sorteio realizado pela Comissão de Arbitragem da CBF

Dono do apito: Marcelo Aparecido de Souza será o árbitro de Flamengo e Cruzeiro
Foto: Cesar Greco/Agência Palmeiras

A arbitragem do jogo de ida da final da Copa do Brasil, entre Flamengo e Cruzeiro, já está definida: Marcelo Aparecido de Souza, de São Paulo, será o dono do apito nos primeiros 90 minutos da decisão do torneio nacional. A escolha, como de costume, deu-se por meio de sorteio na sede da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), com a Comissão de Arbitragem da entidade. A outra opção era Rodolpho Toski Marques, do Paraná.

Este será o quinto jogo do Cruzeiro com arbitragem de Marcelo Aparecido de Souza em 2017. O primeiro duelo da equipe mineira que teve o paulista este ano foi a vitória celeste sobre o Volta Redonda por 2 a 1, na primeira fase da Copa do Brasil. Em seguida, apitou o triunfo cruzeirense para cima do Coritiba por 2 a 0, em jogo válido pela décima rodada do Brasileirão.

Após a vitória sobre o Coxa, a Raposa enfrentou o Palmeiras no jogo de ida das quartas de final da Copa do Brasil, e lá estava Marcelo mais uma vez. O empate entre mineiros e paulistas por 3 a 3 foi o terceiro jogo do Cruzeiro que o árbitro fez em 2017. Novamente pela Copa do Brasil, o quarto encontro entre Marcelo e cruzeirenses se deu na derrota celeste por 1 a 0 para o Grêmio, na partida de ida da semifinal da competição.

No caso do Flamengo, a decisão no Maracanã será o terceiro jogo que Marcelo faz dos cariocas em 2017, primeiro na Copa do Brasil. O paulista comandou a arbitragem na vitória flamenguista sobre o Atlético-PR por 2 a 0 e na derrota rubro-negra para o Grêmio por 1 a 0, ambos os confrontos válidos pelo Campeonato Brasileiro.

Marcelo Aparecido de Souza já esteve em um confronto entre Cruzeiro e Flamengo, que foi pela 24ª rodada do Campeonato Brasileiro de 2015. Na ocasião, os flamenguistas saíram de campo com uma vitória por 2 a 0, gols de Alan Patrick e Luiz Antônio, e a Raposa, por sua vez, com o primeiro revés do técnico Mano Menezes no comando da equipe.