Para Thiago Neves, cansaço físico foi preponderante para empate entre Cruzeiro e Corinthians

Meio-campo cruzeirense ainda ressaltou a importância do resultado contra o líder do campeonato

Para Thiago Neves, cansaço físico foi preponderante para empate entre Cruzeiro e Corinthians
Thiago Neves em ação na final da Copa do Brasil contra o Flamengo (Foto: Washington Alves/Cruzeiro)

O cansaço pós-título da Copa do Brasil foi preponderante para o empate em 1 a 1, com gols de Rafinha e Clayson, entre Cruzeiro e Corinthians, neste domingo (1º), no Mineirão. Pelo menos, essa é a visão do meia Thiago Neves. O camisa 30 celeste ressaltou que o esforço feito na última quarta-feira desgastou bastante o elenco cruzeirense, que sentiu o impacto no segundo tempo do jogo contra o líder do Brasileirão.

"É óbvio que sentiríamos (o cansaço), até pela tensão de quarta-feira. No segundo tempo, pesou um pouco a perna e jogamos contra um time bom, que é líder do campeonato, com jogadores de seleção brasileira", comentou em entrevista ao canal Sportv

O jogador também comentou sobre a importância do resultado dessa rodada e a necessidade de permanecer no topo da tabela de classificação, mesmo com a conquista da Copa do Brasil e a vaga para a Libertadores de 2018. 

"Acho que o empate, pelas circunstâncias do jogo, está de bom tamanho. Depois que você ganha (um título), dá uma relaxada e joga um pouco mais solto. Mas a gente quer continuar no topo da tabela. Queríamos complicar um pouco o Corinthians e ainda temos mais jogos pela frente. Vamos ver o que podemos fazer. Acho que o importante é estar no topo da tabela, porque, condições, a gente tem”, concluiu Neves.

O Cruzeiro agora, terá uma semana de descanso e treinamentos. A equipe se reapresenta na quarta-feira (4),  visando o próximo adversário, que é a Ponte Preta, sábado (7), em Belo Horizonte, às 16h.