De volta ao Cruzeiro, Perrella demonstra apoio ao próximo presidente: "Estou à disposição"

Zezé foi eleito presidente do Conselho Deliberativo do clube; Wagner Pires de Sá conta com apoio do ex-mandatário celeste

De volta ao Cruzeiro, Perrella demonstra apoio ao próximo presidente: "Estou à disposição"
Foto: Divulgação/VIPCOMM

De volta ao clube após seis anos, o ex-presidente do Cruzeiro Zezé Perella foi eleito presidente do Conselho Deliberativo nessa terça-feira (7). O Senador da República disse que contribuirá com o novo mandatário, Wagner Pires de Sá, eleito no mês passado, para que ele possa fazer uma boa gestão à frente da equipe celeste.

Após a desistência de Fernando Torquetti do pleito do Conselho, Zezé Perrella foi candidato único ao posto e recebeu 261 votos durante a votação, que reuniu 317 conselheiros no Parque Esportivo do Barro Preto. Houve 36 votos nulos e 20 em branco.

“O Cruzeiro nunca saiu da minha vida. Tive um descanso de seis anos, e a maneira que encontramos de continuar contribuindo com a vida do Cruzeiro foi aceitar esse desafio de ser presidente do conselho deliberativo. Eu acho que o meu papel como presidente executivo do clube a gente manteve. Alvimar e eu ficamos 17 anos à frente do clube, acho que esse papel já estava feito, nossa história está aqui para todo mundo ver.  Acho que posso dar a minha contribuição ao Cruzeiro como presidente do conselho até ajudando o novo executivo com toda a experiência que adquirimos nesses 17 anos. Estou à disposição dele”, comentou.

Apesar do apoio dado ao novo presidente executivo do clube, Zezé Perrella garante que não deixará de fiscalizar as ações de Wagner Pires de Sá. O novo presidente do Conselho confia na competência da diretoria, mas espera transparência dos próximos mandatários. 

“O papel fundamental do conselho é fiscalizar os atos do executivo. Mas eu confio nessa turma que aí está, vou procurar ajudar em tudo, mas o meu papel num órgão fiscalizador me fará acompanhar tudo.  Obviamente nós não temos nenhuma ingerência na parte administrativa. O presidente contrata quem quiser, isso não é papel do conselho deliberativo. O Cruzeiro vai ter um presidente do conselho atuante que vai cobrar da atual diretoria e que vai trabalhar de maneira correta. Acima de tudo transparência, é o que esperamos da nova diretoria”, disse.

Presidente do Cruzeiro de 1995 a 2002 e 2009 a 2011, Perrella esteve presente em conquistas importantes como a Copa Libertadores de 1997 e as duas Copa do Brasil de 1996 e 2000. Como vice-presidente de Alvimar de Oliveira Costa, ele participou do grupo campeão da Tríplice Coroa.