Mano Menezes exalta dedicação dos jogadores em triunfo contra Fluminense

Treinador valoriza virada do Cruzeiro sobre o Tricolor carioca, com grande atuação do meia Thiago Neves

Mano Menezes exalta dedicação dos jogadores em triunfo contra Fluminense
Foto: Divulgação / Cruzeiro Esporte Clube

O Cruzeiro venceu o Fluminense de virada por 3 a 1, no estádio Mineirão, em Belo Horizonte, neste domingo (12), em partida válida pela 34° rodada do Campeonato Brasileiro. Com o resultado, a Raposa subiu para a quinta posição, com 54 pontos.  Na opinião de Mano Menezes, além da entrega na busca pelo resultado, seus atletas souberam atingir um equilíbrio de atuação após um primeiro tempo que ele considerou como difícil.

Mano elogiou a grande virada contra um adversário que ainda possui preocupações relacionadas à uma possível luta contra o rebaixamento no Campeonato Brasileiro e valorizou o empenho dos jogadores em mais uma vitória. 

"Fizemos um bom jogo depois de uma atuação ruim do meio de semana. Era uma preocupação pelo estilo de jogo do adversário. No primeiro tempo sofremos um pouco, principalmente nos contra-ataques, porque não atacamos da maneira correta. O segundo tempo foi mais equilibrado, viramos o jogo cedo e isso nos deu tranquilidade. Mesmo em um momento onde as coisas são mais importantes para os outros, é raro, importante e elogiável pela dedicação dos nossos jogadores”,  disse o treinador celeste.

Mano destacou a postura dos atletas e o entendimento de jogo da equipe especialmente na etapa complementar.

“Voltamos a jogar bem dentro de princípios que acreditamos e que a equipe solidificou durante o ano. Esse sempre é o caminho mais perto, que nos levam às vitórias. Às vezes a gente não consegue, mas hoje conseguimos fazer um bom jogo”, afirmou.

Ele também comemorou o retorno aos gramados do atacante Judivan. O atleta formado na base celeste não era relacionado para uma partida há dois anos e meio, desde que sofreu uma grave lesão em um jogo pela Seleção Brasileira no Mundial Sub-20 da categoria.

''É a primeira vez que nós o relacionamos e a ideia era para esse jogo trazê-lo para o estádio e fazê-lo vivenciar de novo a participação em um jogo. Ainda não tinha planos para colocá-lo. Gosto muito de cuidar desses detalhes. Não gosto de apressar situações que não devem ser apresadas e não têm necessidade de ser, porque às vezes na ânsia de você querer fazer, você se precipita e as coisas não andam bem. Valeu para todo mundo essa regra e também está valendo para ele. Ele está muito feliz de ter vindo. Quem sabe nos próximos jogos, dependendo das circunstâncias, vamos fazer isso. E será na nossa casa. Estamos muito felizes por ele ter voltado”, comemorou Mano.